The Breakdown

Título Original: 10 Segundos para Vencer Lançamento: 27 de setembro Direção: José Alvarenga Jr Roteiro: Thomas Stavros, Patricia Andrade, José Alvarenga Jr. e Marcio Alemão Gênero: Drama, Biografia Elenco: Daniel de Oliveira, Osmar Prado, Kelli Freitas, Ricardo Gelli e Sandra Corveloni Nacionalidade: Brasil
8.0

Não existe nada mais inspirador que uma biografia de um pugilista. Dentro daquele ringue, por trás daquelas luvas, existe sempre uma pessoa lutando, em primeiro lugar, contra a vida. Talvez seja porque a maioria dos boxeadores tenha a origem humilde, pois afinal, o boxe não é um esporte de elite.

10 Segundos para Vencer, dirigido por José Alvarenga Jr., primeiro filme do diretor fora do gênero da comédia (Os Normais: o filme, Divã), conta a história do bicampeão do mundo Éder Jofre, conhecido como “Galinho de Ouro”, um dos grandes boxeadores brasileiros.

Marvin | Crítica

Longe de ser apenas um filme biográfico qualquer, o grande protagonista de 10 Segundos para Vencer é o relacionamento de Éder com o seu pai e treinador Kid Jofre (Osmar Prado), grande incentivador e corresponsável pelo seu crescimento.

O filme narra de maneira linear e até um pouco didática, a trajetória de Éder Jofre (Daniel de Oliveira), desde a sua infância pobre em São Paulo, até a ascensão como campeão de boxe e vida adulta. Em alguns momentos o roteiro perde um pouco de fôlego, e escorrega no tempo, mas nada que comprometa o resultado final. A direção de Alvarenga é diferente, prazerosa, algo que ainda não tinha visto em um filme nacional, um verdadeiro deleite para o telespectador.

O Retorno do Herói | Crítica

Os aspectos positivos soltam aos olhos, o elenco é outra grande maravilha, interpretações grandiosas de Osmar e Daniel, que travam embates dramáticos e empolgantes tanto quanto as lutas dentro dos ringues. Daniel exibe excelente forma física, construiu um Éder sólido e focado que persegue os seus objetivos. Já Prado, posso afirmar, sem sombra de dúvidas, vive o papel da vida, vemos um Kid sisudo, contido, emoção a flor da pele, destacada no olhar. Até o sotaque soa natural, percebemos que ele é um estrangeiro, sem exageros, ou jeitos caricatos.

A direção de arte é estupenda, a arquitetura das cenas surpreende, a ambientação dos anos 50, 60 está em perfeita harmonia com a sonoplastia e em alguns momentos percebemos as referências aos clássicos do gênero como Touro Indomável e Rocky.

Os Jovens Titãs em Ação! Nos Cinemas | Crítica

Em resumo, 10 Segundos para Vencer é uma excelente surpresa, deve ser visto por todos, conta uma história de amor entre pai e filho em busca de um sonho.

Confira trailer:

Previous Treadstone | Série baseada na franquia 'Jason Bourne' é confirmada.
Next Primeiros nomes são confirmados no revival de Veronica Mars

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *