6 filmes que nos traumatizaram quando crianças


Em breve teremos a estreia de (It), cujo trailer quebrou todos os recordes por estabelecer-se como o mais visto em suas primeiras 24 horas. Como explicar esse resultado?

Pensa-se que o sucesso foi favorecido por uma nostalgia aterrorizante. Mas ele não está sozinho! Bem, curiosamente, muitos filmes inapropriados para crianças marcaram nossa infância, ou nos traumatizaram.

Agora decidimos trazer para vocês uma lista de 06 filmes que nos traumatizaram quando crianças.

Top 10 casais mais marcantes do cinema de todos os tempos

A Hora do Pesadelo

Wes Craven sempre brilhará entre os grandes mestres do terror, sendo Freddy Krueger sua criação mais importante. É um assassino de crianças preso e liberado mais tarde por um erro técnico por parte das autoridades, causando desconforto entre os pais na comunidade que decidem fazer justiça com as próprias mãos.

Mas a história está apenas começando. Depois de morto, o vilão retorna para se vingar brutalmente dos adolescentes da vizinhança em seus piores pesadelos.

Nível de trauma:

Lendas urbanas dizem que algumas mães irritadas com Alfred Hitchcock após a estréia de Psicose, entraram em contato, informando que seus filhos não queriam tomar banho por medo de serem assassinados no chuveiro. O mestre suspense sempre inteligente respondeu: “Joga na máquina de lavar”. Não há registros de queixas semelhantes para Wes Craven, mas garanto que muitas mães ficaram ainda mais enfurecidas ao descobrir que seus filhos temiam fechar os olhos com pavor de ser visitados por Freddy Krueger.

RoboCop

Paul Verhoeven nunca foi um diretor familiar, mas alguns de seus projetos mais importantes têm gerado grande impacto sobre pequenas audiências. RoboCop é um bom exemplo disso: um cyborg polícia que é empregado para reduzir a criminalidade em uma Detroit futurista. Até então, tudo soa bem, mas o que poderia atrair tantas crianças? O filme tem corrupção, drogas e altos níveis de violência por parte da execução brutal de RoboCop (Alex Murphy), isso transformou o filme em um dos mais traumáticos para uma geração. Mesmo assim seu sucesso foi tanto que todos tinham uma figura de ação do simpático policial robô.

Nível de trauma:

São poucos os que não viram RoboCop quando criança, mas muitos o evitaram, mesmo os adultos. E, embora trate-se de um grande filme, ele nos conduz por um mundo realista, onde a violência extrema é um tema doloroso do nosso cotidiano.

Top 10 Meta-Humanos Mais Fortes da Dc Comics

Uma Cilada Para Roger Rabbit

Seria Roger Rabbit uma fita para crianças ou adultos? A resposta continua a gerar debate até hoje: o enredo mescla todos os tipos de desenhos animados com o mundo real, mas também envolve o alcoolismo, sexo e assassinato. Nem mesmo a Disney queria liberá-lo sob sua marca e usou sua subsidiária Touchstone Pictures!

Nível de trauma:

É o filme mais traumático que já vimos, mas nós definitivamente fomos marcado de maneiras diferentes. Muitos se abalam até hoje, quando o juiz Doom – o inesquecível Christopher Lloyd revela sua verdadeira identidade. Outros chorar quando o sapatinho animado é introduzido no latão de ácido. Finalmente, existem aqueles que não têm sido capazes de superar sua paixão com Jessica Rabbit.

Chucky: Brinquedo Assassino

Um filme sobre um brinquedo possuído pela identidade de um assassino? Por alguma estranha razão, muitos consideraram a desculpa perfeita para ver Chucky quando eram crianças. Isso acabou fazendo a produção passar a ser avaliado como ‘R’ (o que não impediu nada e soou como um verdadeiro clássico infantil). Como prova, basta lembrar que o personagem é o mais popular entre as crianças, a sua roupa está entre os trajes de Halloween mais usados nos EUA.

Nível de trauma:

Se analisarmos friamente, é um filme muito perturbador, sobre um assassino sangrento que mergulhou nas artes das trevas, e usou seus conhecimentos para transferir seu espírito para um boneco inocente. Embora todos mostrem-se fascinados pelos seus níveis de terror, não é surpreendente que alguns desenvolveram uma verdadeira rejeição aos brinquedos desde então.

Feliz dia da Toalha|TOP 10 melhores frases nerds de O Guia do Mochileiro das Galáxias

Arachnophobia

Frank Marshall está entre os produtores responsáveis ​​por clássicos como ‘Indiana Jones’, ‘De Volta Para o Futuro’ e ‘Jurassic Park’. Apesar de passarmos por grandes emoções com esses filmes, todos são muito familiares. No entanto sua faceta como diretor lutou bastante para manter esta lógica, Aracnofobia é o melhor exemplo disso. O filme teve elementos de humor negro e horror, envolvendo um grande pesadelo agoniante com a chegada de perigosas aranhas.

Nível de trauma:

Embora quase ninguém tivesse tido problemas com aranhas, a rejeição aumentou exponencialmente após Aracnofobia. Qualquer um que tenha visto este filme, lembra da angustia que era colocar os seus membros em locais escuros como uma simples sandália.

IT – Uma Obra-Prima do Medo

Embora a produção tenha sido respeitosa com o romance original de Stephen King, o diretor Tommy Lee Wallace diminuiu significativamente os níveis de violência na tela. Os resultados foram confusos para todos: uma história hostil que toca questões como assassinato, violência, sequestro e abuso infantil, mas catalogados por muitos como uma aventura juvenil para os seus jovens protagonistas.

Nível de trauma:

Enorme! Não admira que o velho Pennywise tornou-se um elemento recorrente dos nossos piores pesadelos, a sua imagem simples continue a gerar nervosismo em nós até hoje, inclusive há adultos com sérias questões psicológicas envolvendo a figura de palhaços. Será que o palhaço de Bill Skarsgård conseguirá ser tão convincente? Não sei, mas existem milhões de fãs traumatizados pelo trabalho primoroso de Tim Curry que querem dar o seu veredito!

Top 10 melhores séries canceladas