O canal ‘USA Network’ tem se esforçado para tentar produzir shows atraentes, e a chegada de “A Rainha do Sul” poderia servir para estabelecer-se também dentro de uma série de dramas criminosos que estão proliferando na TV, e que foram encorajados com a despedida do sucesso “Breaking Bad”. A adaptação do romance (La Reina Del Sur) de Arturo Pérez-Reverte chegou para nós com uma certa essência cinematográfica de adrenalina, recorrendo a encenações multiculturais e bilíngües que remeteram ao remake americano de “The Bridge” ou “Traffic”. O argumento do seriado estrelado por ninguém menos que a atriz brasileira ‘Alice Braga’, trabalha na perspectiva de um flashback, mas ao mesmo tempo, o futuro se encontra com uma versão antiga da personagem que é o eixo da história.

A série posiciona ‘Teresa Mendoza’ (Alice Braga) numa missão além de fronteira do México, passando a ser parte fundamental das conspirações que ‘Camila Vargas’ (Veronica Falcón) vem planejando contra seu marido, o homem que assassinou o namorado da “heroína” e quer algo que está na posse da mesma. Sob esse quadro, o seriado conta a história do crescimento de sua personagem principal em um cartel de drogas, e se aprofunda nesse mundo em que a queda não importa, e sim a subida ao topo do trono que irá transformar Teresa na Rainha do Sul. E não parece que vai ser um caminho fácil.

A atração que vem ganhando mais confiança da crítica a cada temporada baseia a sua mecânica na aprendizagem da heroína, onde a sobrevivência se torna uma base primordial nas margens daquele mundo inóspito das drogas. É óbvio que a “Rainha do Sul” não se destina a ser uma nova “Narcos”, embora tenha atraído uma boa parte de sua audiência.

Assim como a ação e suspense são os principais ingredientes do show, a ideia é que certas pitadas de romance e drama sejam mesclados em um contexto repleto de maquinações, onde ‘Teresa’ acaba sendo o centro de uma guerra, e perseguições de assassinos que resultam numa combinação mortal. E se essa é uma mistura que você ama ver na TV, a série vai te seduzir já nos primeiro episódios. Hoje, já com uma terceira temporada no ar, está provado que as intenções são de estrear ainda, muitos e muitos episódios.

Quer saber mais sobre filmes e séries? Assine a revista Cine Magazine e receba em sua casa um exemplar a cada mês!

No Comment

Queremos saber o que você achou. Comente!