Aquaman não irá incluir nenhum membro de A Liga da Justiça e diretor explica o porquê


O diretor James Wan confirmou à EW que o filme solo do herói será realmente independente, concentrando-se apenas em Aquaman (interpretado por Jason Momoa) em vez de dar visibilidade a outros personagens.

James explica:

“Eu queria manter a história de Aquaman e não ter que se preocupar com o que os outros personagens estão fazendo em seus filmes e como isso iria nos afetar. Eu apenas pensei que a maneira mais simples era mantê-lo simples – seja simples e deixe que seja uma história do Aquaman ”.

Ele comentou que a DC  e Warner Bros poderiam querer colocar uma cena pós-crédito com outros heróis, mas ele deixou claro que queria que o filme fosse único e que tivesse a liberdade para fazer como gostaria.

“Eu disse a eles que eu entendo e respeito que isso é parte de um universo maior, mas no final do dia eu tenho que contar a história que quero contar, e quero desenvolver o personagem também.  Era algo que o estúdio era respeitoso… no meu filme ele começa de um jeito e se torna muito diferente no final. É uma jornada de herói clássica. Eu igualo nossa história a Espada Era a Lei, é uma história muito arturiana sobre uma jornada para se tornar rei. ”

Aquaman estreia no Brasil no dia 13 de dezembro.