Bata Antes de Entrar | Crítica do filme


Eli Roth é conhecido por seus trabalhos como diretor nos elogiados filmes, “Cabana do Inferno” e “O Albergue parte 1 e parte 2”, e até o momento o inédito “Canibais” que nem estreou ainda mas já considero ele pacas!. Roth é famoso por praticamente criar o estilo torture porn, bastante utilizado em seus filmes recém citados, além de ser amigo de Quentin Tarantino ao ponto de ser convidado a atuar no filme “Bastardo Inglórios”. Mesmo com todo esse conhecimento ele recentemente assinou a direção da refilmagem do fraco “Death Game, de 1977. acho que poucas pessoas ouviram falar ou chegaram a vê esse filme.

bataantesdeentrarnovotrailer-imagemdestacada-660x330

Saindo de 1977 e trazendo uma roupagem “moderna”, o novo filme se passa nos dias de hoje, onde temos tablets, smatphones, impressoras 3D, Uber entre outros, contudo a história é exatamente a mesma do original, o protagonista da vez é ‘‘o eterno Neo’’ Keanu Reeves, que de uns tempos pra cá parece seguir os passos de alguns atores famosos que têm feito filmes fracassados, salvo o excelente “De volta ao Jogo” um belo trocadilho na época, já que  Reeves tinha estrelado  alguns fracassos de bilheteria como o “ The Man of Tai Chi” que chegou diretamente em(Torrent) Dvd, claro ‘’Os 47 Ronins’’ um filme que prometeu demais e não cumpriu nada, somente exageros no uso do CGI e melhor nem citar o A Ocasião Faz o Ladrão.

Bata-Antes-de-Entrar-1-1024x683

Em ‘‘Bata Antes de Entrar’‘ (Knock Knock, 2015) temos Keanu Reeves, no papel de Evan um ex-DJ que hoje atualmente trabalha como arquiteto, completamente acomodado com a vida que tem com sua esposa e seus filhos. Em pleno dia dos pais eles decidem viajar para o interior, enquanto Evan resolve ficar para terminar um projeto (algo bastante comum hoje em dia, onde valorizamos mais o nosso trabalho do que nossa família), durante  uma noite chuvosa, ele recebe a visita de duas garotas até então perdidas a caminho de uma festa, elas batem na porta e pedem para usar o telefone, e aos poucos as jovem Genesis (Lorenza Izzo, esposa de Roth ) e Bel (Ana de Armas) iniciam um jogo de sedução, que chega a ficar na cara quais as intenções delas com Evan, ele até tenta resistir mas não consegue e a partir daí, dão início a um jogo de tortura psicológica que promete mudar a vida do protagonista.

5e0a9c4f-44f8-4d43-8f17-e6f81725e27e_jpe_620x300_crop_upscale_q90

Bom, para quem está acostumado com filmes dirigidos e produzidos por Roth, imagina que vamos ter Reeves no papel de um herói que fará tudo para defender o que é seu e litros de sangue derramados, o que no caso se fosse um filme em 3D te faria sair correndo para lavar o rosto de tanto sangue na tela. Lamentavelmente não é isso que vimos em ‘‘Bata Antes de Entrar‘, ele simplesmente é um dos piores filmes que já vi, e olha que esse ano o que saiu de filme ruim no cinema tá pra virar história (Quarteto Fantástico que o diga!).

1

O pior é que você espera um final que faça algum sentido e salve a história fraca apresentada até então, mas não, o filme tem um final que chega a ser o cúmulo do ridículo. Roth entrega um material que supera qualquer filme ruim que você já tenha visto e para melhorar temos Keanu Reeves em uma atuação fraca, o que possivelmente o tenha feito se arrepender de ter assinado contrato para esse filme,sinto saudade da atuação dele em  Matrix, Velocidade Máxima, Advogado do Diado e claro o recente “De volta ao jogo” que pra nossa sorte vai ter uma continuação, assim quem sabe poder trazer Reeves novamente aos filmes de sucessos e com bons roteiros, evitando que ele siga o mesmo caminho do rei dos filmes ruins Nícolas Cage.

Bata Antes de Entrar é um típico filme ruim que se você assistir, vai se  lembrar de quão ruim ele é por uma década e não vai querer indicar a nenhum amigo perder seu tempo assistindo algo que faz a programação de domingo da Tv aberta parecer algo bem atrativo!

Nota do filme:  [yasr_overall_rating size=”medium”]

BBata-Antes-de-Entrar-Posterata Antes de Entrar
(Knock Knock, 2015)
Direção: Eli Roth
Roteiro: Guillermo Amoedo, Nicolás López & Eli Roth
Elenco: Keanu Reeves, Lorenza Izzo, Ana de Armas, Ignacia Allamand, Aaron Burns, Colleen Camp
Duração: 99 minutos
Gênero: Suspense, Thriller
Produção: Miguel Asensio, Colleen Camp, John T. Degraye, Cassian Elwes, Nicolás López, Eli Roth
Distribuição: Paris Filmes
País de Origem: EUA, Chile
Deixe a sua nota: [yasr_visitor_votes size=”medium”]