Bryan Fuller e Michael Green deixam o comando da série American Gods


A segunda temporada de American Gods sofrerá mudanças. De acordo com o Deadline, Bryan Fuller e Michael Green não serão mais os showrunners da série. Diferenças criativas foram o motivo da saída da dupla.

O site informa que boa parte do roteiro dos episódios já foi escrito. Neil Gaiman, o autor do livro, deve ficar como co-showrunner, enquanto a Starz define um novo comandante.

A trama de American Gods apresenta uma guerra entre deuses antigos e novos: os deuses tradicionais de raízes mitológicas de todo o mundo estão perdendo fiéis para um panteão de novos deuses que refletem o amor moderno da sociedade por dinheiro, tecnologia, mídia, celebridades e drogas.

Seu protagonista, Moon Shadow é um ex-presidiário que se torna guarda-costas e parceiro de viagem de Mr. Wednesday. Entretanto, logo é revelado que Wednesday é na verdade uma incarnação de Odin, O Pai Todo Poderoso, que está viajando pela America em busca de seus companheiros deuses esquecidos, para travar uma batalha épica contra os novos deuses americanos (manifestações de vida moderna e tecnologia, como a internet, a media e os cartões de créditos).

No elenco também estão Emily Browning (Laura Moon), Sean Harris (Mad Sweeney), Yetide Badaki (Bilquis), Bruce Langley (Technical Boy), Crispin Glover (Mr World), Jonathan Tucker (Low Key Lyesmith), Gillian Anderson (Media) e Orlando Jones (Mr. Nancy). Cloris Leachman, Peter Stormare, Chris Obi e Mousa Kraish também participam da série.