Canal Curta! | Confira destaques da programação


A série “Luz e Sombra – Fotógrafos do Cinema Brasileiro” chega ao segundo episódio destacando o trabalho de Luiz Carlos Saldanha: ator, continuísta, assistente de direção, diretor de fotografia, entre outras tantas funções exercidas durante a vida profissional. Em “Luiz Carlos Saldanha – O Invencionista”, de Betse de Paula e de Jacques Cheuiche, no ar dia 17, o público vai conhecer um pouco da história deste profissional que participou de produções importantes como “Cinco Vezes Favela” (1961), longa que marcou a chegada do Cinema Novo; “Os Doces Bárbaros” (Jom Tob Azulay) e “Imagens do Inconsciente” (Leon Hirszman), entre outros.  Em depoimento no episódio, ele afirma: “Não acho que eu seja um membro do cinemão. Eu gosto do cinema de invenção”.

Codiretor de “Raoni” – junto de Jean-Pierre Dutilleux -, filme que foi narrado por Marlon Brando, participou do Oscar em 1979 e foi apresentado em Cannes, Luiz Carlos Saldanha explica que seu trabalho à frente do longa não lhe rendeu o reconhecimento esperado: “Eu sou o mentor desse filme. Ele saiu da minha cabeça e fui eu que fiz a cabeça do Jean Pierre. O filme foi lançado em Cannes e fez um estardalhaço. Todos achavam que eu deveria ser reconhecido mas o que se criou foi uma inveja, um rechaço da praça contra esse feito: um filme brasileiro feito por um brasileiro só”.

Íntimo e musical é o tema do “A Vida É Curta!” da semana e traz a estreia de “Tim Maia”, de Flavio Tambellini. Entre suas apresentações, o cantor fala sobre a carreira e a vida pessoal. Na sequência, vai ao ar“Bethânia Bem de Perto – A Propósito De Um Show”, produção de Eduardo Escorel e Julio Bressane, que traz a primeira apresentação da cantora no Rio de Janeiro, na boate Cangaceiro, com cenas de seu cotidiano intercalando o material e participações de Anecy Rocha, Wanda Sá, Rosinha de Valença, Silvinha Teles, Jards Macalé e outros. Para encerrar, o programa apresenta “Conversa de Botequim”, documentário sobre João da Baiana e sua relação com as raízes do samba.

Na Quinta do Pensamento, 18, o premiado escritor Leonardo Padura ganha a cena na série “Impressões do Mundo”. Jornalista e crítico literário, o cubano também foi reconhecido como ensaísta, roteirista e autor de novelas. Com obras traduzidas em alemão, italiano e português, conquistou o Prêmio Nacional de Literatura Cubana, Café Gijón, Prêmio Dashiell Hammett e o Prêmio Princesa das Astúrias pelo conjunto de sua obra.

SEGUNDA DA MÚSICA

Coração Vagabundo (Documentário)

O documentário “Coração Vagabundo” levará o espectador a uma viagem com Caetano Veloso, durante a turnê de lançamento de seu primeiro álbum totalmente gravado em inglês, por São Paulo, Nova York e Japão, mostrando um pouco da intimidade de um dos maiores ídolos da música brasileira.

Diretor: Fernando Grostein Andrade

Duração: 71 min.

Exibição: 15 de agosto, segunda-feira, às 22h30.

Classificação: Livre

Horários alternativos:

Dia 16 de agosto, terça-feira, às 2h30 e às 16h30;

Dia 17 de agosto, quarta-feira, às 10h30;

Dia 20 de agosto, sábado, às 22h30.

 

TERÇA DAS ARTES

Documentário Histórico de Maria Maria até Missa do Orfanato (Documentário)

Fundado em 1975, o Grupo Corpo estreou no ano seguinte sua primeira obra, “Maria Maria”. Com música especialmente composta por Milton Nascimento, o balé ficou quase uma década em cartaz e percorreu 14 países. Nos oito anos seguintes, enquanto o sucesso de “Maria Maria” ainda repercutia, o Grupo Corpo não se deu descanso. Colocou em cena mais seis novas coreografias assinadas por Rodrigo Pederneiras, que assume o posto de coreógrafo-residente e, juntamente com o irmão, Paulo Pederneiras, diretor artístico da Companhia, começa a moldar a personalidade do grupo. Em 1985, estrearam “Prelúdios”, leitura cênica dos 24 prelúdios de Chopin e, em 1989, coreografaram a “Missa do Orfanato”, de Mozart. O balé torna-se um marco estético definitivo na trajetória da companhia e firma o Grupo Corpo no cenário da dança brasileira e internacional. Este documentário mostra um pouco dos primeiros 15 anos de história do Grupo Corpo.

Diretora: Cláudia de Brito Ribeiro de Oliveira

Duração: 52 min

Exibição: 16 de agosto, terça-feira, às 23h05.

Classificação: Livre

Horários alternativos:

Dia 17 de agosto, quarta-feira, às 3h05 e às 17h05;

Dia 18 de agosto, quinta-feira, às 11h05;

Dia 20 de agosto, sábado, às 12h.

QUARTA DE CINEMA

Nesta semana, “A Vida é Curta” apresenta registros íntimos e musicais com a estreia de “Tim Maia” e as exibições de “Bethânia Bem de Perto” e “Conversa de Botequim”

O “A Vida é Curta” exibirá três curtas que apresentam a vida e obra de grandes artistas da música brasileira. Estreando no canal, “Tim Maia” registra uma fase de sucesso do cantor. Entre uma canção e outra, Tim fala sobre a carreira, os amores e a vida. “Bethânia bem de perto” apresenta o primeiro show da cantora no Rio, realizado na boate Cangaceiro, após sua consagração como intérprete da música Carcará. Intercaladas aos números musicais, documenta cenas do cotidiano da cantora e encontros com Anecy Rocha, Wanda Sá, Rosinha de Valença, Silvinha Teles, Jards Macalé, entre outros. E por fim, o curta “Conversa de Botequim” fala sobre a figura de João da Baiana, o pioneiro sambista brasileiro que, numa conversa informal, nos conta a história do samba desde o começo. Do lado de pioneiros como Donga e Pixinguinha, ele vai descrevendo trechos pitorescos de sua vida ao lado de figuras importantes como Pinheiro Machado, Santos Dumont e dos primórdios de nossa música popular.

Exibição: 17 de agosto, quarta-feira, às 20h

Classificação: Livre

Horários alternativos:

Dia 18 de agosto, quinta-feira, às 0h e às 14h;

Dia 19 de agosto, sexta-feira, às 8h;

Dia 20 de agosto, sábado, às 14h.

Luiz Carlos Saldanha – O Invencionista (Documentário)

Luz & Sombra é uma série documental que aponta suas lentes para aqueles que sempre estiveram por trás das câmeras. A cada episódio, observamos a trajetória de um importante fotógrafo cinematográfico, ouvindo suas experiências e revisitando os filmes que marcaram sua carreira. Neste episódio, o entrevistado é o fotógrafo Luiz Carlos Saldanha.

Diretores: Betse de Paula e Jacques Cheuiche

Duração: 26 min

Exibição: 17 de agosto, quarta-feira, às 22h.

Classificação: Livre

Horários alternativos:

Dia 18 de agosto, quinta-feira, às 2h e às 16h;

Dia 19 de agosto, sexta-feira, às 10h;

Dia 20 de agosto, sábado, às 21h30.

QUINTA DO PENSAMENTO

Leonardo Padura – História e Ficção (Documentário)

O cubano Leonardo Padura nos conta sua trajetória até ser reconhecido como um dos mais importantes autores literários cubanos. Antes jornalista investigativo e crítico literário, passou a ser prestigiado como ensaísta, roteirista e autor de novelas policiais. Com o livro “O homem que amava os cachorros”, Leonardo Padura relata como sua importância e notoriedade foram além do gênero policial. Conquistou o Prêmio Nacional de Literatura Cubana, Café Gijón, Prêmio Dashiell Hammett e o Prêmio Princesa das Astúrias pelo conjunto de sua obra. Leonardo Padura descreve seu processo de criação literária, a importância de se respeitar os códigos históricos em sua literatura e a importante relação entre a História e a ficção.

Diretor:  Ronaldo Duque 

Duração: 26 min

Exibição: 18 de agosto, quinta-feira, às 23h30.

Classificação: Livre

Horários alternativos:

Dia 19 de agosto, sexta-feira, às 3h30 e às 17h30;

Dia 22 de agosto, sábado, às 11h30;

Dia 31 de agosto, domingo, às 21h.

SEXTA DA SOCIEDADE

Vietnã, Negociações de Paz  (Documentário)

Enquanto a guerra se alastrava, Henry Kissinger, Conselheiro de Segurança Nacional do presidente Nixon, e Le Duc Tho, Conselheiro Especial do Presidente do Vietnã Ho Chi Minh, realizavam reuniões secretas na França. Entrevistas exclusivas e gravações inéditas revelam o que realmente aconteceu entre esses dois homens que permaneceram em mundos separados.

Diretor: Daniel Roussel

Duração: 52 min

Exibição: 19 de agosto, sexta-feira, às 22h.

Classificação: Livre.

Horários alternativos:

Dia 20 de agosto, sábado, às 2h e às 9h45;

Dia 21 de agosto, domingo, às 20h45;

Dia 22 de agosto, segunda-feira, às 16h.