Carrossel 2 – O Sumiço de Maria Joaquina | Crítica


Carrossel foi a primeira aposta do SBT adaptada por Iris Abravanel para o público brasileiro e deu MUITO certo. De lá pra cá, a turma do Escola Mundial vem conquistando corações até os dias de hoje e prova disso é que cada vez mais Carrossel ganha projetos ramificados da novela que foi exibida de 2012 a 2013.

Em 2015 eles invadiram as telas do cinema pela primeira vez levando mais de dois milhões e meio de pessoas para conferirem as aventuras de toda a turma no Acampamento Panapaná. Agora, em 2016, acompanhados pela Professora Helena (Rosanne Mulholland) as aventuras são na cidade grande.

CRSL2_BX_0No longa, Didi Mel (Miá Mello) é uma superstar e depois de assistir ao videoclipe de Panapaná ela faz um convite a turma de Carrossel: que eles cantem com ela em um show. Em meio a toda euforia, Maria Joaquina (Larissa Manoela) é sequestrada por Gonzáles (Paulo Miklos) e Gonzalito (Oscar Filho) e, para que ela seja libertada, seus amigos devem realizar provas das mais diversas, passando por um desafio culinário com o Carlos Bertolazzi à um jogo de futsal contra o Time do Falcão.

CRRSSL_PIC_15

Desde o começo duas coisas ficam claras: (I) os personagens cresceram e (II) o filme é feito para os fãs. Mesmo que a turma da Escola Mundial não tenha perdido sua essência, os dilemas são outros e acredito que essa é a principal ligação emocional para quem os acompanha desde 2012, e poderão ver seus personagens preferidos com um amadurecimento nas telas do cinema, característica que não havia sido explorada em “Carrossel – O Filme”.

CRRSSL_PIC_08

Também contrário ao primeiro longa, agora o filme se torna mais dinâmico, tendo toda a trama desenvolvida em pouco menos de quarenta e oito horas, que trouxe a tona um único problema: a profundidade de parte dos diálogos do filme. Não é difícil um personagem aparecer em cena para falar pouco mais de cinco palavras com um contexto muitas vezes vazio. Talvez isso apague um pouco da mágica que envolve todos os desafios por trás do sumiço de Maria Joaquina.

Veja também nossa entrevista com o elenco de carrossel o filme 2

Destaque positivo de “Carrossel 2 – O Sumiço de Maria Joaquina”, Gonzáles e Gonzalito voltam muito mais engraçados e dinâmicos. Por mais que na maior parte do filme eles apareçam somente por meio de uma tela de celular, todo esse contexto e espaço foram muito bem utilizados pela dupla. O desafio de atuar em um espaço tão limitado foi superado muito bem com maldades e a dose certa de humor.

ENSAIO-96_0

Como todo o enredo do filme esta relacionado com o sequestro do personagem de Larissa Manoela, a forma divertida com que todos lidam com os enigmas e desafios da dupla de vilões é outro destaque do longa. Conforme a turma recebe os enigmas, a habilidade de cada personagem é utilizada para soluciona-los bem como enfrentar os desafios que os levarão a próxima fase do resgate.

Como adolescentes, os romances não poderiam ficar de fora. Paulo (Lucas Santos) e Alicia (Fernanda Concon), são o casal que mais tem desafios para ficarem juntos. Eles enfrentam até o ciúme de Kokimoto (Matheus Ueda), que leva um dos dilemas da adolescência à tela dos cinemas: o medo de se distanciar de um amigo por conta de um novo relacionamento. Já Valéria (Maisa Silva) e Davi (Guilherme Seta) enfrentam altos e baixos no relacionamento ligeiramente desgastado e mantido a base de likes nas redes sociais.

CRRSSL_PIC_29

Enfim, Carrossel volta as telas dos cinemas para dar aos fãs o que eles esperam e um pouco mais. Recheado de aventura, romance e gargalhadas, o filme é uma pedida pra família, para a criançada e aqueles que cresceram junto com Valéria e toda turma. Para quem ainda não tem nenhum conhecimento sobre a turma, é muito mais que bem vinda a embarcar nesse Carrossel para um filme nacional daqueles que assistimos, nos apegamos e damos boas risadas.

[yasr_overall_rating size=”medium”]

Elenco: Larissa Manoela, Maisa Silva, Jean Paulo Campos, Lucas Santos, Matheus Ueta, Nicholas Torres, Ana Vitória Zimmermann, Thomaz Costa, Guilherme Seta, Fernanda Concon, Leo Belmonte, Stefany Vaz, Konstantino Atan, Gustavo Daneluz, Aysha Benelli, Victória Diniz, Esther Marcos, Noemi Gerbelli, Fernando Benini, Rosane Mulholland, Paulo Miklos, Oscar Filho, Miá Mello, Elke Maravilha, Carlos Bertolazzi, Falcão.
Dirigido por: Mauricio Eça.
Roteiro: Márcio Alemão, Mirna Nogueira.
Direção de Fotografia: Dante Belluti.
Direção de Arte: Marghe Pennacchi.
Produção de Elenco: Diana Galantini.
Montagem: Lucas Gonzaga.
Música: Fábio Góes.
Desenho de Som e Mixagem: Miriam Birderman, ABC, Ricardo Reis, Paulo Gama.
Som direto: Jorge Rezende.
Figurino: Maria Barbalho.
Maquiagem: André Anastácio.
Produção Executiva: Renata Rezende.
Produzido por: Sandi Adamiu, Marcio Fraccaroli, Diane Maia.
Distribuição: Paris Filmes e Downtown.
Produção: Paris Produções.
CoProdução: Televisa, SBT e RioFilme.
Duração: 93 minutos.
Gênero: Aventura infantojuvenil.
Estreia Nacional: 14 de julho de 2016 com pré-estreias a partir de 7 de julho.

Previous Novo conto sobre Animais Fantásticos e Onde Habitam conta a origem da Escola de Magia de Ilvermorny
Next “Hospital da Memória”| CURTA PROMOVE REFLEXÃO SOBRE A MEMÓRIA OFFLINE

2 Comments

  1. […] Carrossel 2 – O Sumiço de Maria Joaquina | Crítica […]

  2. […] Carrossel 2 – O Sumiço de Maria Joaquina | Crítica […]

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *