Crítica | Como ser Solteira


Como ser Solteira (How to be Single) chega aos cinemas de todo Brasil neste final de semana e é a mais nova comédia romântica da Warner Bros. O longa é uma adaptação do livro de Liz Tuccillo que conta a história de Alice (Dakota Johnson), uma jovem que resolve dar um tempo no namoro e partir para uma caminhada em busca do autoconhecimento.

Solteira e em busca de respostas sobre a vida, Alice decide ficar com a irmã Meg (Leslie Mann) em Nova York, quando conhece Robin (Rebel Wilson) e juntas, passaram a curtir a solteirice na “cidade que nunca dorme”.

20160219-tumblr_o2bftkwlfv1v4fx2uo1_1280-615x425

A proposta inicial do filme é interessante, mas logo perde o ritmo e acaba caindo na mesmice e entrando em alguns clichês, como a ideia batida de que ser solteira é ruim, ou como a história da irmã de Alice, Meg, bem sucedida, aos 40 anos que deixou o sonho de ser mãe passar e agora tenta a todo custo engravidar.

É possível dar algumas boas gargalhadas quando Robin está sem cena, a amiga, engraçada, gorda e com a autoestima elevada, que sempre fica bêbada nas baladas e “pega” geral. O filma também conta a história paralela ao enredo principal de outras três personagens que levam a vida no mesmo estado civil de Alice.

O roteiro é de Abby Kohn, Marc Silverstein e Dana Fox e a direção de Christian Ditter de Simplemente Acontece (Love,Rose), podemos destacar neste filme, a fotografia, Nova York é uma cidade exuberante, e a trilha sonora é empolgante.

As atuações são água com açúcar e Dakota repete o semblante apático de 50 Tons de Cinza em Como ser Solteira, o restante do elenco está na média esperada, salvo para Leslie Mann, que deixa o telespectador pensando: “O que ela está fazendo aí?”.

Oscilando entre bebedeiras, conselhos desastrosos de Robin para Alice, a comédia traz o dilema feminino atual, como conviver com a solteirice, e no final passa a mensagem de que tudo depende do ponto de vista de encarar a vida. E o que importa é você se amar e aceitar-se.

Elenco: Dakota Johnson, Rebel Wilson, Leslie Mann
Direção: Christian Ditter
Gênero: Comédia Romântica
Distribuidora: Warner Bros.
Estreia: 25 de fevereiro de 2016.

[yasr_multiset setid=0]