Se você pretende começar o ano dando inicio a uma nova série, essa é uma das melhores opções. Mas não estranhe se tiver impressão de já ter visto algo parecido, pois o primeiro seriado alemão original da Netflix, Dark, será inevitavelmente comparado com ‘Strager Things’. Ambas as séries se concentram em crianças desaparecidas; ambos estão definidos, parcialmente no caso de Dark , na década de 1980; ambos envolvem fenômenos inexplicados, entre outras coisas; e ambos revelam caminhos que se conectam a uma instalação misteriosa que é a chave para os segredos centrais do show.


Mas ‘Dark’, é tonalmente diferente do suspense aventureiro aterrorizado pelo Demogorgon. Conforme estabelecido pelos co-criadores Baran Bo Odar, cineasta suíço e roteirista alemão Jantje Friese, seus modos estão muito mais de acordo com a versão original do ‘The Returned ‘ (série que também tem um reboot da própria Netflix).

A série de 10 episódios, é na verdade, um conto multigeneracional (fenômeno onde atuais gerações de alguma forma começam a representar gerações anteriores, repetindo histórias, traumas e sintomas físicos), e nos leva a uma pequena cidade à sombra de uma instalação misteriosa, neste caso uma usina nuclear.

Acompanhados por uma voz que explica que “tudo está conectado”, começamos a descobrir a verdade por trás das relações entre pais e filhos em quatro famílias que são lentamente introduzidas. Quando crianças começam a desaparecer, fica claro que um padrão histórico está se repetindo, e isso vai deixando pistas de que algo sobrenatural e aterrorizante está acontecendo.

Todos os dias em Winden, cidade alemã onde Dark tem lugar, é tão cinza e nublado quanto o humor de seus personagens. A cada episódio, uma nova descoberta reforça o seu principal tema: ‘o tempo’. Idéias simples sobre o destino são elaboradas de maneiras complicadas que atraem aqueles que gostam de uma ficção de peso.

Contando com uma ótima performances de todo o elenco, e uma fotografia excelente, esse quebra-cabeça, sem dúvida, vai maltratar, até certo ponto, a sua curiosidade. E se você gosta de shows assustadores de suspense, “Dark” definitivamente vale a pena ser explorada. É o tipo de série que provavelmente gerará longas discussões sobre teorias e pistas entre seus espectadores.

CURIOSIDADE:

O diretor Baran bo Odar e os dois produtores Max Wiedemann e Quirin Berg, também responsáveis por ‘Dark’, já trabalharam juntos no longa de suspense ‘Invasores: Nenhum Sistema Está Salvo’.

EM BREVE:

‘Caçadores de nazistas brasileiros’ será o tema da nova série da Netflix.


Os produtores da Boutique Filmes, empresa responsável pelo sucesso 3% da Netflix, prometem já estar criando sua nova parceria com o serviço de streaming. Chamada de ‘The Chase’ (A Perseguição), a nova série irá abordar ações dos agentes da Mossad israelense que vieram ao Brasil com a missão de rastrear e matar ex-generais nazistas que se esconderam em nossas terras depois da Segunda Guerra. A Netflix já planeja até então, três temporadas que irão se passar no tempo de 20 anos. Cada uma apresentará a busca de um foragido do regime nazista.

George Clooney irá produzir série sobre escândalo Watergate.

O caso Watergate ocorreu em 1972 quando repórteres de um conhecido jornal divulgaram esquemas políticos envolvendo o presidente Richard Nixon. Prestes a estrear como série, Já tivemos a oportunidade de acompanhar essa história em adaptações do cinema, mas o que tem chamado bastante atenção no momento, são os nomes envolvidos na nova produção: Grant Heslov (Argo), Matt Charman (Ponte dos Espiões) George Clooney (Onze Homens e Um Segredo), serão os responsáveis pro trazer mais uma vez essa interessante história aos holofotes.

Altered Carbon – Temporada 1 (2 de fevereiro 2018 em Netflix)

A produção que se passa 500 anos no futuro, apresenta um universo onde as pessoas vivem para sempre, armazenando sua consciência em implantes digitais e a transferindo de corpo em corpo. Nesse meio, um mercenário chamado Takeshi Kovacs (Joel Kinnaman) acorda após centenas de anos em outro corpo. Além de buscar adaptação em uma nova sociedade, ele é curiosamente contratado para encontrar o autor de seu próprio assassinato.

Seven Seconds – Temporada 1 (23 de Fevereiro de 2017 em Netflix)


A série vem mostrar que em uma sociedade completamente rodeada de tensão racial, noticias sensacionalistas e uma população que ao invés de informação prefere entretenimento, ‘sete segundos’ serão a diferença entre estar vivo ou morto.

Ash vs Evil Dead – Temporada 3 (25 de fevereiro de 2018 em Starz)


Na nova temporada, a fama de Ash mudou de lenda urbana assassina para herói salvador. Mas quando Kelly presencia um massacre que têm a marca de Ruby por toda parte, a mesma retorna acompanhada para alertar Ash e Pablo que o mal ainda vive e está longe de morrer.

Quer saber mais sobre filmes e séries? Assine a revista Cine Magazine e receba em sua casa um exemplar a cada mês!

Previous Jessica Jones | Veja trailer completo da 2ª temporada
Next O Que te Faz Mais Forte | Crítica

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *