Elis | Beco das Garrafas, no Rio de Janeiro, é cenário do filme de Hugo Prata


Conhecido por receber em seus bares grandes nomes da música brasileira, o Beco das Garrafas foi um  dos  lugares onde Elis Regina se apresentou ao chegar no Rio de Janeiro. No filme “Elis”, que estreia em 24 de novembro com direção de Hugo Prata, cenas importantes foram filmadas no local. Em vídeo do filme, Lucio Mauro Filho, intérprete do produtor Miéle, comenta a importância do reduto da música:

“O Beco das Garrafas é a meca da Bossa Nova e um pouco do showbiz brasileiro. E as figuras que passaram por ali são míticas”.

O Beco das Garrafas era considerado uma grande vitrine musical:

“Era como se fosse a praia da noite. Onde o pessoal ia, onde a coisa acontecia, o laboratório, aquela espécie de palco onde tudo se pode. Daquele palco um mundo se revelava, um caleidoscópio de imagens de alta qualidade musical”, declara  na nova peça Gustavo Machado, que vive Ronaldo Bôscoli.

Vencedor de três Kikitos no 44º Festival de Gramado – melhor filme pelo júri popular, melhor atriz para Andréia Horta e melhor montagem para Tiago Feliciano -, o longa traz algumas das mais relevantes passagens da carreira e vida pessoal da gaúcha como a chegada ao Rio de Janeiro no dia do Golpe de 1964; o primeiro contato com o boa praça Luiz Carlos Miéle e o charmoso Ronaldo Bôscoli, seu primeiro marido; o rápido sucesso e amadurecimento musical; o terror imposto pelos militares; a parceria amorosa e artística com o pianista César Camargo Mariano, que rendeu espetáculos históricos como “Falso Brilhante”; a maternidade e o fim da vida.