Em nova cena disponibilizada de “Mundo Cão”, o destaque fica com o “Corredor da Morte”


Até 2007, em São Paulo, os animais capturados nas ruas eram levados ao canil público e enfrentavam um destino incerto: se tivessem dono e esse aparecesse em até três dias, voltavam pra casa. Se ninguém aparecesse, eram sacrificados. Nesse ano, foram eutanasiados quase 14 mil animais. Ambientado justamente em 2007, o clima de tensão que então afligia os animais é bem retratado no suspense “Mundo Cão”, dirigido por Marcos Jorge (Estômago 2007). Em cena recém-divulgada do longa, Ramiro (Paulinho Serra – Superpai – 2015), um funcionário do canil, percorre os corredores em busca de um cachorro que será submetido à eutanásia.