Escritor pede quase US$ 1 bilhão de estúdio e produtora de Invocação do Mal em processo


A franquia Invocação do Mal está sendo processada de várias formas e por vários valores, mas o último processo é de deixar qualquer de cabelo em pé. Gerald Brittle, autor do livro Ed e Lorraine Warren: Demonologistas quer nada menos que US$ 900 milhões por uso indevido de seu livro nos filmes.

Lançado em 1980, o livro não foi fonte oficial de informações para a franquia, embora James Wan, diretor dos dois Invocação do Mal, tenha admitido que leu a obra. Agora ele, a Warner Bros. e a New Line Productions são alvo do processo.

Annabelle, cuja sequência acaba de ganhar trailer, também está contida no processo. Segundo Brittle, o casal Warren assinou um contrato que não permitia que eles se envolvessem em outros projetos baseados no mesmo tema de seu livro.

Os acusados alegam que os filmes da franquia não são baseados no livro, mas sim em “fatos históricos”. Segundo o site The Hollywood Reporter, a Warner Bros. ainda não foi notificada sobre o processo e não emitiu comunicado.