Festival de Cinema de Tóquio marca estreia internacional de A Sombra do Pai


A Sombra do Pai, novo longa-metragem da diretora Gabriela Amaral Almeida (O Animal Cordial), foi selecionado para o Festival de Cinema de Tóquio, que acontece entre 25 de outubro e 3 de novembro. O filme participará da competição internacional junto de outros 15 títulos vindos do mundo todo.

Protagonizado por Julio Machado (Joaquim) e Nina Medeiros (As Boas Maneiras), A Sombra do Pai conta a história de Dalva, uma menina de nove anos às voltas com o silêncio do pai, o pedreiro Jorge (Machado), que fica mais e mais triste após perder o melhor amigo em um acidente. A irmã de Jorge, Cristina (Luciana Paes, de O Animal Cordial), administrava a vida de pai e filha desde a morte da mãe da menina, há três anos. Quando Cristina deixa a casa do irmão para se casar, Jorge e Dalva precisam enfrentar a distância que os separa.

Fã de filmes de terror, Dalva acredita ter poderes sobrenaturais e ser capaz de trazer a mãe de volta à vida. À medida que Jorge se torna mais e mais ausente – e eventualmente perigoso –, a Dalva resta a esperança de que sim, sua mãe há de voltar.

O filme aborda as consequências da inversão de papéis entre um pai e uma filha, que enfrentam uma situação de exceção, através de uma narração realista, com toques de horror e fantasia, marcas registradas da diretora. Gabriela volta a apresentar um filme em Brasília, após ter sido premiada em duas ocasiões, como melhor roteirista pelos curtas A Mão que Afaga (2011) e Estátua! (2014).

Ainda sem data de lançamento, A Sombra do Pai teve estreia mundial no  51° Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, em setembro, e levou os troféus Candango de Melhor Som (Daniel Turini), Melhor Montagem (Karen Arkeman) e Melhor Atriz Coadjuvante (Luciana Paes). O filme é uma produção da Acere em coprodução com a RT Features.