Greve dos roteiristas nos Estados Unidos não vai mais acontecer


Apesar da greve ter sido aprovada por seus membros no final da semana passada, o Writers Guild of América e a aliança dos produtores de TV e cinema chegaram a um acordo nessa madrugada.

A renovação completa da parceria ainda não foi realizada, já que esse acordo é provisório e tem validade de três anos.

O principal objetivo dessa prática renovação, por parte dos produtores, é o de que os trabalhos na roteirização de séries e filmes não fossem paralisados.

Agora, o WGA vai se reunir novamente com a Aliança dos Produtores de Cinema e TV para ambas as partes definirem ao certo quais serão as novidades do acordo definitivo.

Em 2007, a greve dos roteiristas parou Hollywood, causando o cancelamento de vários filmes e o atraso de várias séries. Dez anos depois, isso está prestes a acontecer novamente.

A situação é tensa em Hollywood, tendo em vista a destruição que a greve de 2007 causou na indústria.

Mais de 12 mil roteiristas estiveram envolvidos na greve que durou 100 dias e paralisou imediatamente a produção de inúmeros talk shows e seriados de televisão.

Entre as séries afetadas estavam Supernatural, Heroes, Lost, 30 Rock, Gossip Girl e Prison Break . Alguns filmes também foram prejudicados e até cancelados, como foi o caso de ‘Liga da Justiça‘ de George Miller.

O prejuízo chegou a US$ 500 milhões.