Trama Fantasma (Phantom Thread) foi dirigido por Paul Thomas Anderson (Embriagado de Amor, O Mestre) e estrelado por Daniel Day-Lewis (Lincoln, Nine) na pele do renomado Reynolds Woodcock que, junto a sua irmã, Cyril (Lesley Manville, A Teoria de Tudo), é responsável por vestir a realeza, estrelas de cinema, herdeiros, socialites e uma grande gama de abastados de Londres, na Inglaterra, ao final da Segunda Guerra Mundial.

Cobiçado por diversas mulheres, que vêm e vão, Woodcock vê sua vida mudar quando conhece a jovem Alma (Vicky Krieps, O Jovem Karl Marx), que acaba se tornando sua musa.

O filme foi indicado a seis categorias no Oscar 2018, incluindo “Melhor Filme” e “Melhor Diretor”. Confira abaixo todas as categorias indicadas e algumas curiosidades sobre o filme:

Indicações:

  1. Melhor Filme
  2. Melhor Diretor
  3. Melhor Ator (para Daniel Day-Lewis)
  4. Melhor Atriz Coadjuvante (para Lesley Manville)
  5. Melhor Figurino
  6. Melhor Trilha Sonora Original (de autoria de Jonny Greenwood)

Curiosidades:

  1. Trama Fantasma marca a aposentadoria de Daniel Day-Lewis como ator. Em entrevista à W Magazine, ele disse que, ao observar o trabalho final, foi “tomado por uma enorme tristeza” que influenciou bastante a sua decisão.
  2. Essa é a segunda parceria entre Daniel Day-Lewis e o diretor Paul Thomas Anderson. A primeira foi Sangue Negro (There Will Be Blood, 2007), baseado no livro “Petróleo!”, de Upton Sinclair, e rendeu a Day-Lewis um Oscar de “Melhor Ator”, além de outros prêmios.
  3. Essa é a sexta indicação à categoria de “Melhor Ator” no Oscar de Daniel Day-Lewis. Sua primeira indicação foi por Meu Pé Esquerdo (My Left Foot, dir. Jim Sheridan, 1989) e, logo de cara, já ganhou sua primeira estatueta. Ainda foi indicado por Em Nome do Pai (In the Name of the Father, dir. Jim Sheridan, 1993), Gangues de Nova York (Gangs of New York, dir. Martin Scorsese, 2002), Sangue Negro — ganhando sua segunda estatueta — e Lincoln (dir. Steven Spielberg, 2012), que também lhe rendeu o prêmio.
  4. Trama Fantasma é o oitavo longa-metragem dirigido por Paul Thomas Anderson. O primeiro foi Jogada de Risco (Hard Eight), de 1996.
  5. Oito também é o número de indicações que Thomas Anderson já teve ao Oscar e não só na categoria de “Melhor Diretor”: ele já foi indicado três vezes a “Melhor Roteiro Original” por Boogie Nights: Prazer Sem Limites (Boogie Nights, 1997), Magnólia (Magnolia, 1999) e Sangue Negro; e também a “Melhor Roteiro Adaptado” por Vício Inerente (Inherent Vice, 2014), baseado no livro homônimo de Thomas Pynchon. No entanto, Thomas Anderson ainda não levou nenhuma estatueta para casa.
  6. O diretor diz ter se inspirado no filme Rebecca, A Mulher Inesquecível (Rebecca), do “mestre do suspense” Alfred Hitchcock, para a realização de Trama Fantasma. No filme de 1940, uma jovem se casa com um nobre inglês atormentado pelas lembranças de sua falecida esposa e, com o tempo, acaba descobrindo segredos surpreendentes sobre o passado do esposo.

Em 22 de fevereiro de 2018, quando Trama Fantasma estreia nos cinemas brasileiros, poderemos conferir o filme que fez com que Daniel Day-Lewis desistisse de sua carreira de sucesso como ator.

A 90ª cerimônia de premiação do Oscar acontece no dia 04 de março de 2018.