Jason Momoa diz “Sei que não é o bastante” apos pedir desculpas sobre piada sobre estupro feita em 2011


Jason Momoa, conhecido como o Khal Drogo de Game of Thrones e o Aquaman de Liga da Justiça. Em um vídeo da Comic-Con 2011, o ator faz uma piada e falha miseravelmente.

“Eu amei trabalhar em Game of Thrones porque pude estuprar lindas mulheres”, diz o ator, se referindo à cena de abuso entre seu personagem e Daenerys (Emilia Clarke).

[box type=”shadow” align=”” class=”” width=””]

[/box]

Após a repercussão, Momoa usou o Instagram para publicar uma nota de desculpas pública: “Eu acordei na Austrália e recebi as reações indignadas e justificadas de muitas pessoas a uma piada de mau gosto que fiz no Hall H em anos atrás. Por isso, eu peço desculpas”, escreveu.

“Eu continuo completamente desapontado comigo mesmo por causa do caráter insensível dos comentários que fiz naquele dia. Eu sei que não é o bastante pedir desculpas sinceras, porque as palavras já foram ditas”, admitiu ainda.

“Estupro e assédio sexual pode atingir qualquer um e eu vi em primeira mão o que ele pode fazer com as pessoas, graças às experiências de amigos e familiares. Eu fiz um comentário de muito mau gosto. Isso é inaceitável e eu peço desculpas sinceras com um coração pesado pelas palavras que disse”, concluiu.

Liga da Justiça chega aos cinemas em 16 de novembro.

Anterior The Walking Dead | Andrew Lincoln diz Rick está disposto a morrer para derrotar Negan
Próxima It – A Coisa’: Pennywise devorava um bebê em forte cena cortada

Sem Comentários

Deixe uma Mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *