Lego Batman – O Filme | Crítica


Há um clima no ar soprando ameaças sobre Gotham, e se quiser salvar a cidade do controle hostil do Coringa, Batman terá que abandonar a postura de vigilante solitário, tentar trabalhar com parceiros e talvez, somente talvez, se animar.

lego-batman-tempo

Com roteiro de Seth Grahame-Smith, Chris McKenna, Erik Sommers, Jared Stern e John Whittington e, apesar de tantas mãos em um único trabalho, ele é fluido, divertido e inteligente. A história é toda pautada na solidão do Batman e sua incapacidade de criar relações seja com seus amigos, seja com os seus inimigos. Conhecemos um Batman recluso e traumatizado, pela perda dos pais. Ele também é egocêntrico e egoísta, não aceitando ajuda ou sugestões de ninguém. Tudo isso é mostrado através de diálogos muito bem feitos e situações engraçadas.  A incapacidade de reconhecer o outro é o que move a história, a dificuldade em conseguir estabelecer relação com o órfão que adota acidentalmente, com a nova comissária ou mesmo com Alfred, nem com o coringa, que reluta em reconhecer nele o seu arqui-inimigo. E é interessante toda essas questão, frente ao mundo cada vez mais egocêntrico que vivemos, o roteiro nos lembra da necessidade de ouvir o outro.

legobatmanbanners-imagem01

A direção é de Chris McKay e ele dá um ritmo muito intenso (alguma vezes chegando a ser confuso) para depois desacelerar, mostrando bem a situação de isolamento do personagem. As situações criadas e os maneirismo do Batman torna-o, apesar do seu caráter, um personagem adorável. Há uma mescla bem feita dos momentos de pura comédia com outros mais introspectivos e sérios, nunca deixando o filme ir demais pra um ou pro outro. Outro ponto positivo são as soluções dadas pelo diretor ao fato de serem legos, tudo é montável e desmontável, tornando aquele ambiente muito lúdico.  O ponto alto é a aparição de vilões de outras franquias, vemos: Voldermot, Sauron, Gremlins, King Kong, a Bruxa do Oeste com seus macaquinhos entre outros. Todos aparecem por alguns momentos e deixam uma sensação de  nostalgia.

lego-batman-robin

“Lego Batman – O Filme”, segue a mesma linha de Logo-o filme. É divertido, engraçado tem boa trilha sonora e um roteiro inteligente. Aqui temos algo a mais que seu antecessor, a nostalgia de ver vilões adoráveis de volta. é o tipo de filme pra ser visto por crianças e adultos de todas as idades e sem dúvida todos saíram satisfeitos.

Lego Batman – O Filme
Ano: 2017
Genero: Animação
Duração: 1h 45m
Direção: Chris McKay
Música composta por: Lorne Balfe
Roteiro: Seth Grahame-Smith, Chris McKenna, Erik Sommers, Jared Stern e John Whittington
Produção: Roy Lee, Dan Lin, Phil Lord, Christopher Miller, Brad Lewis

[yasr_overall_rating size=”medium”]