Meus 15 Anos | Primeiro papel de protagonista de Larissa Manoela no cinema


De volta ao set de filmagem, a atriz Larissa Manoela inicia seu mais novo projeto cinematográfico: Meus 15 Anos, longa-metragem baseado no livro homônimo de Luiza Trigo, que mostra os conflitos na adolescência a partir da rotina de Bia (Larissa Manoela), personagem estudiosa, que mora com o amoroso pai (Rafael Infante), e se sente um pouco deslocada na escola.

Meus 15 Anos

Com direção de Caroline Fioratti, roteiro de Luiza Trigo, Clara Deák e Marcelo Andrade,  a produção Paris Entretenimento, com coprodução Televisa e SBT e distribuição Paris Filmes e Downtown Filmes, ainda reúne no elenco os jovens atores Daniel Botelho, Bruno Peixoto, Victor Meyniel, Clara Caldas, Bruna Tatar, Pyong Lee, entre outros.  As filmagens acontecem em São Paulo até fevereiro.

Bia é amiga de Bruno (Daniel Botelho) e juntos, os eles têm uma parceria que ultrapassa os muros da escola: a música. Sem outras amizades e se sentindo fora das panelinhas do colégio, Bia se vê desestabilizada quando descobre que ganhou uma festa de debutante e terá que convidar um significativo número de pessoas para o evento. A história retrata e explora a adolescência com seus dilemas, questões familiares e condutas sociais.

É prazeroso reviver a adolescência por meio deste trabalho tão sensível – conta Caroline Fioratti, diretora que faz sua estreia no cinema nacional. – Larissa dá vida a uma personagem que representa inúmeras garotas que lidam diariamente com a insegurança típica da idade e a cobrança de ser perfeita e viver rodeada de amigos. A gente partiu desse mote juvenil, para construir o filme como uma história de descobertas  e mudança.

– Retomar a parceria com a Larissa Manoela é muito positivo – explica Sandi Adamiu. – Produzir um filme sobre a perspectiva dos jovens é imergir em um universo de descobertas e surpresas e esperamos que o público seja contagiado pela mensagem desta produção que traz o selo Paris Entretenimento.

O longa-metragem tem estreia prevista para junho de 2017.