Modern Life Is Rubbish | Vamos descobrir mais sobre o filme que deve entrar pro nosso top de trilhas sonoras incríveis?!


Pensou que eu exagerei nesse título?! Mas veja bem se tem como não o fazê-lo quando você lê que a trilha sonora de um filme vai vir repleta de músicas de: The Libertines, Radiohead, Stereophonics, The Vaccines, The Kooks, Warpaint, entre outras.

5 FILMES ROMÂNTICOS E ATUAIS PARA VER NO DIA DOS NAMORADOS

Sinto muito, eu não conseguiria. Contudo, claro eu entendo que isso também vai do seu gosto musical. No meu caso, como músicas assim e de algumas dessas bandas já estão frequentemente inseridas no meu cotidiano, ler a seguinte frase “A Serotonin Films acaba de divulgar o trailer de sua próxima comédia romântica indie: Modern Life is Rubbish.” já faz meus olhinhos brilharem de emoção e alegria.

Então, vamos ao trailer?! Simmm! 😀

Minha gente, o que são essas cores? Que paleta mais linda! E as luzes, o neon, esse brilho que deixa tudo com uma aura delicada, festiva e ao mesmo tempo melancólica. Só quero! Ah, e ainda tem esse sotaque britânico que adoro. Inclusive, alguns filmes que eu gosto um tanto também têm um pézinho ou dois na terra da Rainha. Anotem aí: Um Dia (One Day), Questão de Tempo (About Time), Um Lugar Chamado Notting Hill (Notting Hill), O Amor não Tira Férias (The Holiday), O Diário de Bridget Jones (Bridget Jones’s Diary) e Simplesmente Acontece (Love, Rosie) e mais do que o romance, eles também possuem músicas na trilha que são tão incríveis quanto suas histórias.

UMA PLAYLIST PURO AMOR ♥♥♥

E sim, essa versão do trailer ainda não tem legenda, mas cêis notaram que nem precisa pra já se envolver com a história. Pois bem, quando for divulgada a versão legendada eu atualizo aqui e aviso. 😉

Ah, e a sinopse também tá aqui.

Unidos há dez anos pelo amor pela música, Liam (Josh Whitehouse) e Natalie (Freya Mavor) chegaram a um ponto de ruptura e decidem dar um ponto final na relação. No caso deles, os opostos se atraem, mas não necessariamente a longo prazo. Liam é um músico batalhador que não consegue largar a sua coleção de vinis e se recusa a se adaptar a um mundo de smartphones e downloads instantâneos. Natalie abandonou seu sonho de criar capas de álbuns e se tornou uma estrela em ascensão na sua empresa de publicidade. Ao tomar a difícil decisão de se separar, os dois precisam dividir sua premiada biblioteca musical. Mas a trilha sonora do relacionamento deles continua os mantendo juntos.

Dirigido por Daniel Jerome Gill, o filme ainda conta com Tom Riley e Ian Hart no elenco e deve ser lançado em breve para download digital. Sim, uma pena mas não deve estrear nos cinemas nacionais.