Morre o crítico de cinema Rubens Ewald Filho


Rubens Ewald Filho: crítico morreu nesta quarta-feira (19)

O jornalista e crítico de cinema, Rubens Ewald Filho, de 74 anos, conhecido por comentar as transmissões do Oscar desde 1985, morreu nesta quarta-feira (19).

Ewald estava internado desde o dia 23 de maio no Hospital Samaritano, em São Paulo, após sofrer um desmaio, provocado por uma arritmia cardíaca, seguido de uma queda na escada rolante de um Shopping da capital paulista.

Nas redes sociais, fãs e personalidades lamentaram a morte do crítico. Em seu Facebook, a apresentadora e cineasta Marina Person contou que nunca conheceu ninguém como Ewald, que conhecia os nomes de tantos filmes, atores, diretores e produtores, afirmando que o crítico “era o IMDb antes do IMDb existir”, referindo-se à base de dados online que reúne informações sobre o cinema e a TV.

Também em seu Facebook, a atriz Sonia Braga, estrela de Aquarius, lembrou de uma homenagem que o crítico teria organizado para ela no Festival de Gramado, em 2016: “Talvez a mais bonita que tenha recebido até hoje”.

Isabela Boscov, crítica de cinema da revista VEJA, lamentou a “perda imensa, como amigo, como crítico e como caráter”, dizendo que “Rubens levou gerações ao cinema pela mão, compartilhou conhecimento (que ele tinha em quantidades prodigiosas) e elegância, inspirou carreiras”.

O corpo de Rubens Ewald Filho será velado na Cinemateca Brasileira, em São Paulo, na manhã desta quinta-feira (20), e deve ser sepultado ao final da tarde.