“Nós falhamos com a Academia” diz a ‘PwC’ sobre o Oscar


Depois de toda a repercussão dos erros históricos do Oscar 2017, a empresa responsável (PwC) se pronunciou em um segundo comunicado, após revelar que o sócio estava postando fotos no Twitter pouco antes de entregar o envelope errado a Warren Beatty e Faye Dunaway, a empresa PricewaterhouseCooper admitiu toda a culpa no que chamou de uma “série de erros e quebras de protocolos”:

“A PwC assume integral responsabilidade pela série de erros e quebras de protocolos durante o Oscar de ontem. O sócio Brian Cullinan erroneamente entregou o envelope de backup do prêmio Melhor Atriz em vez do envelope de Melhor Filme aos apresentadores Warren Beatty e Faye Dunaway. Uma vez que o erro ocorreu, protocolos para corrigi-lo não foram seguidos rapidamente pelo Sr. Cullinan ou pelo seu sócio”.

O comunicado segue ainda dizendo que a Price “falhou” com a Academia:

Estamos profundamente arrependidos pelo desapontamento sofrido pelo elenco e produção de La La Land e Moonlight. Pedimos sinceras desculpas a Warren Beatty, Faye Dunaway, Jimmy Kimmel, ABC e à Academia, que não tiveram nenhuma culpa nos erros de ontem à noite. Queremos estender nossa imensa gratidão para eles pela graça exibida durante um momento dificílimo. Pelos últimos 83 anos, a Academia confiou na PwC a integridade do processo de premiação durante a cerimônia e ontem à noite nós falhamos com a Academia.”

Hollywood já especula se a Academia manterá o contrato e a parceria com a PwC ou se mudará para uma das outras 3 das “Big 4” empresas de auditoria e contabilidade, quais sejam, a KPMG, Deloitte ou a Ernst & Young. Vale lembrar que esta última realiza a contabilidade para o Emmy e Globo de Ouro, sem nunca ter registrado nenhuma falha grotesca como a que ocorreu nos Oscars.