O Caçador e a Rainha do Gelo | Crítica


Vocês podem ler essa crítica ao som de Castle, que está presente na trilha sonora de “O Caçador e a Rainha do Gelo”

Sobre poder, ego, batalhas, traições e amor, o tipo de história que cativa e faz com que você não queira perder nem um segundo sequer. Após quatro anos do lançamento de “Branca de Neve e o Caçador”, nos reencontramos com o caçador Eric (Chris Hemsworth) e a Rainha Má, Ravenna (Charlize Theron).

Desta vez uma outra história nos é revelada, o antes e o depois daquilo que pudemos acompanhar no primeiro filme, novos personagens, um certo tom cômico, paisagens e cenários mágicos, figurinos deslumbrantes das rainhas, tudo isso embalado por uma trilha densa, enérgica.

As cores branca, dourada, marrom e verde foram predominantes e utilizadas de forma que delimitam e demonstram o território de cada personagem, sendo nessa ordem a amargurada e determinada Rainha do Gelo, Freya (Emily Blunt), a manipuladora e exuberante Ravenna, os destemidos e vigorosos guerreiros Eric e Sara (Jessica Chastain) e ainda os seres encantados e poderosos da floresta.

A história pode até ser considerada um pouco clichê, a Rainha do Gelo inevitavelmente nos faz lembrar a personagem Elsa de “Frozen”. Contudo o que seria do original sem o comum? Embora tenham utilizado uma fórmula já conhecida e recorrente, ela funciona bem e agrada, deixando o filme leve, divertido e visivelmente atraente. Especialmente quando temos atores tão bons aliados com a magia que a tecnologia dos efeitos especiais pode oferecer.

Charlize Theron está impecavelmente deslumbrante e conquista toda a atenção a cada cena que participa (uma característica própria da atriz), por mais breve que seja a sua presença. Já Jessica Chastain demonstra muita habilidade durante as cenas de ação.

Assista “O Caçador e a Rainha do Gelo”, a partir da próxima quinta, 21, nos cinemas de todo o país.

Ficha Tecnica

Elenco: Charlize Theron, Emily Blunt, Jessica Chastain, Chris Hemsworth, Nick Frost, Rob Brydon, Sheridan Smith, Alexandra Roach, Sam Clafin.

Direção: Cedric Nicolas-Troyan

Produção: Joe Roth

[yasr_overall_rating size=”medium”]