The Breakdown

Data de lançamento 8 de fevereiro de 2018 (1h 59min) Direção: David Gordon Green Elenco: Jake Gyllenhaal, Tatiana Maslany, Miranda Richardson mais Gêneros Drama, Biografia Nacionalidade EUA
8.0
Pros
Fotografia e Atuação
Cons
Clichê

O filme conta a verdadeira história de Jeff Bauman, homem interpretado por Jake Gyllenhaal, que decide apoiar Erin Hurley (Tatiana Maslany) sua ex-namorada em uma maratona de Boston que aconteceu no ano de 2013. Mas, como muitos provavelmente sabem, naquele ano houve um ataque terrorista que deixou vários mortos e feridos, entre os quais ele era uma das vítimas. Felizmente, ele sobrevive ao ataque, mas pagando um preço alto porque perdeu as duas pernas. Assim, Jeff tentará continuar com sua vida, levando em conta que vários aspectos dele mudarão completamente.

“Eu sou um herói porque eu estava de pé lá e minhas pernas formam explodidas?”… “Sou um herói por ficar parado e tirarem minhas pernas?”

Esta reflexão grosseira, desconfortável, admirável e até motivacional, é um dos elementos mais presentes no destino de Jeff Bauman, confeitando o filme com o melhor ponto de vista possível.

O diretor David Gordon Green oferece uma história realista, que nos dá a oportunidade de criar empatia em relação aos personagens. Ele trabalhou a fotografia sabiamente de maneira depressiva, criando uma cama perfeita onde Jake Gyllenhaal consegue se destacar, provando novamente que ele é um dos melhores atores de sua geração, mesmo quando ele não recebe o reconhecimento que merece.

Outro papel a destacar é o da mãe conflitante do personagem interpretado pela veterana Miranda Richardson (é tão real e um pouco intrigante), que consegue oferecer algo diferente do que vimos em sua carreira.Tatiana Maslany traz aquele personagem que carrega outros temas fundamentais, aqueles que transformam o longa em algo muito maior, e dá um show a sua altura.

É verdade que O Que te Faz Mais Forte’ trabalha como biopic (filmes que retratam a passagens sobre uma figura histórica), mas seu dramatismo faz com que ele se torne um filme convencional apesar do seu tom realista e, portanto, isso pode ter contribuído para o seu baixo desempenho em outras praças. Mas é provável que ele possa ser movido por esta história real, onde não se encaixa sentimentalismo barato.

Infelizmente, talvez essa representação e tema não convençam muitas pessoas porque é algo que já vimos antes, e às vezes é cansativo ver os heróis impostos pela mídia.

Então aqui temos uma história chocante que é muito bem apoiada por suas performances. A mídia retratou Bauman como um herói nacional e, embora o filme retrate esses momentos, ele também mostra os demônios passados e presentes que esse herói tem que lidar mesmo depois da tragédia.

Previous DARK é "Tão sombria quanto indica o título"
Next Living Among Us | Novo terror sobre Vampiros lança seu trailer

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *