O Sono da Morte | Crítica


Jessie (Kate Bosworth) e Mark (Thomas Jane) são um casal que perdeu seu filho em um acidente, depois de um tempo de terapia decidem adotar Cody, um menino de oito anos interpretado por Jacob Tremblay. Cody vem com um pequeno presente, ou maldição que o acompanhou ao longo de sua vida. Quando ele cai no sono, seus sonhos se manifestam na realidade. O problema é que as coisas boas e más se tornam reais em bem vivas, e seus demônios do passado exploraram a sua sonolência para sair e atormentar o presente.

sono_morte-810x462

Para começar, “O Sono da Morte” te provoca o primeiro susto depois de 60 minutos de fita, depois que passou mais da metade da projeção, não é uma falha na “estrutura do terror” mas ouso dizer que o filme é mal promovido em termos de gênero, isso cria falsas expectativas. O filme está relacionado com ‘Atividade Paranormal’ e outros…(anunciado como um filme dos produtores dessas sagas); no entanto, embora esteja classificado como “terror” na verdade é mais como um fantasioso, thriller sobrenatural.

Before-I-Wake

O diretor, Mike Flanagan, conseguiu dar uma grande quantidade de sustos e arrepios com seus filmes anteriores, mas seu novo filme, é muito curto para os fãs regulares do gênero, além disso, aqui os temores são escassos e muito básicos.before-i-wake-2016-3

O filme tem três aspectos que se destacam, mas não são memoráveis: o script original do diretor e roteirista Jeff Howard (que já havia trabalhado em Oculus); o desempenho de Jacob Tremblay, mais conhecido por seu papel no Quarta de Jack, e o enredo não tem voltas inesperadas, mas entretém e convida-o a querer ficar até o fim para entender o contexto da história (um pouco ridículo, por sinal).

o-sono-da-morte-6-1

Tremblay demonstra mais uma vez, na sua idade, que pode levar à tela a ternura e inocência de uma criança sem interpreta-la (com total naturalidade), ao mesmo tempo, atuando com sucesso quando necessário. A aparência do monstro presente no filme, embora não seja assustador, é suficiente para provocar alguns poucos sustos no assento. Mas como eu mencionei antes, mesmo com este, o filme não se torna terror. Para explicar melhor, é como o caso de ‘Crimson Peak’ de Guillermo del Toro, que tem um ser sobrenatural que estremece quando exibido, mas nem por isso foi dado ao filme o título de terror.

No lado oposto à presença bem sucedida de Tremblay, Kate Bosworth, que interpreta a mãe adotiva da criança, tem um desempenho monótono ao longo do filme. Ela tem a mesma atitude quando alguém morre, quando alguém é salvo, é uma atuação muito plana. O espectador pode sofrer, alegrar-se, ficar surpreso ou decepcionado pelas coisas que acontecem na tela, mas apenas porque elas estão acontecendo e não porque a atriz  transmita com o seu desempenho.

O Sono da Morte” é um thriller sobrenatural com um par de cenas de suspense, que não vai se tornar ponto de referência.

Data de lançamento: 1 de setembro de 2016 (1h 37min)
Direção: Mike Flanagan
Elenco: Kate Bosworth, Thomas Jane, Jacob Tremblay mais
Gêneros: Terror, Suspense
Nacionalidade: Eua
[yasr_overall_rating size=”medium”]