Orgulho e preconceito e zumbis | Crítica 2


O filme “Orgulho e Preconceito e Zumbis” é a adaptação de um livro escrito por Seth Grahame-Smith que se inspirou na obra original de Jane AustenOrgulho e Preconceito. Trata-se de uma das primeiras obras mash-up classic (mistura de clássicos). A mágica de Grahame-Smith se faz em absorver a trama original de Austen acrescida de mortos-vivos.

ORGULHO-E-PRECONCEITO-E-ZUMBIS03-

Orgulho e Preconceito de Jane Austen já foi adaptada quatro vezes para o cinema, e a versão de 2005 teve uma indicação ao Oscar, concorrido pela atriz Keira Knightley. Mas será que os zumbis mencionados no título desta nova versão, que no papel prometeu ironia e humor, conseguem levantar ‘Orgulho e preconceito e zumbis’ dos mortos?orgulhoepreconceitoezumbis-750x380

Então numa Inglaterra do século XIX onde os zumbis se espalharam por todos os lados, somos apresentados a Elisabeth Bennet interpretada pela atriz Lily James. Ela e suas irmãs são criadas para sobreviver através do uso de armas e artes marciais e não de casamentos. Contudo Elisabeth se interessa pelo sisudo Darcy (Sam Riley), sendo rejeitada por ele acaba se interessando pelo seu rival, em meio a isso há uma eminente guerra contra os zumbis.

Com o roteiro da pra perceber que a história foi adaptada daqueles romances clássicos, cheios de problemas amorosos, conflitos de família, desencontros e tudo que já esperamos, com um item a mais, os zumbis.

As duas primeiras partes são bem desenvolvidas, a ameaça dos zumbis permeiam todas as ações dos personagens sendo bem convincente mas, ha um elemento que deixa a história mais interessante, o humor. A medida que a história avança os zumbis acabam sendo apenas mais uma coisa na história e o romance acaba sendo predominante.

E apesar da tentativa de inserir tudo isso num ambiente de guerra zumbi ser até bem sucedida, contudo não consegue envolver o espectador. A parte final não acompanha esse ritmo, arrastada e pouco interessante serve apenas para dar uma solução para os problemas desenvolvidos, sem grandes novidades.

Quanto a direção de Burr Steers, segue a mesma lógica do roteiro, no começo é bem dinâmica e usa os zumbir em situações bem engraçadas e ameaçadoras. Contudo ela acompanha o roteiro e acaba ficando também chato e alguns momentos até confusa.

Então agora só lhe resta assistir e tirar suas próprias conclusões, mas antes se prepare para ver zumbis de uma forma ao qual você não está muito acostumado, e talvez não se acostume nunca.

Elenco: Lena Headey, Lily James – Elizabeth Bennet, Matt Smith – Sr. Collins, Douglas Booth, Sr. Bingley, Jack Huston – Sr. Wickham, Charles Dance – Suki Waterhouse, Sam Riley – Sr. Darcy
Bella Heathcote – Jane Bennet.
Direção: Burr Steers
Gênero: Comédia, Terror
Duração: 108 min.
Distribuidora: Sony Pictures
Orçamento: US$ 80 milhões
Estreia: 25 de Fevereiro de 2016

[yasr_overall_rating size=”medium”]