Orgulho e Preconceito e Zumbis – Crítica I


Antes de tudo devo dizer que como fã da obra de Jane Austen, já tendo lido Orgulho e Preconceito por duas vezes e assistido o filme lançado em 2005, com os atores Keira Knightley (Anna Kanerina – 2012)Matthew Macfadyen (Os Três Mosqueteiros – 2011) como o casal protagonista (Eles têm meu afeto eterno por suas atuações!), Elizabeth BennetFitzwilliam Darcy, outras tantas, eu me sentia bem apreensiva quanto ao que veria na tela com Orgulho e Preconceito e Zumbi.

O filme que estará no cinemas a partir do próximo dia 25 de fevereiro, nos traz uma Lizzy (dessa vez interpretada por Lily James, sim a mesma atriz que fez a Cinderela na versão de 2015) com algumas novas e importantes habilidades para o novo cenário, o domínio das artes marciais e de armas com um treinamento feito na China, que também lhe rendeu o aprendizado de um novo idioma.

Contudo devo confessar que acabei me divertindo com esta nova versão, não se trata de uma sátira como imaginei inicialmente e me agradou o fato de que ainda podemos encontrar nos diálogos entre Darcy (vivido por Sam Riley, o mesmo interprete de Diaval de Malévola – 2014) e Elizabeth especialmente, o tom ácido característico na escrita de Austen e agregando um pouco mais de humor em algumas cenas.

Tenho que dar um destaque especial para a fotografia do filme que capturou e intensificou a beleza dos cenários próprios do Século XIX, especialmente nas muitas cenas ao ar livre que o filme possui. O figurino também merece atenção, uma vez que foram incorporadas cintas-liga e meias-calças especiais para comportar e proteger as armas das irmãs Bennet, bem como calças para montaria e lutas.

Seth Grahame-Smith, responsável pela adaptação da história de Austen para esse cenário apocalíptico é o mesmo que criou Abraham Lincoln: Caçador de Vampiros lançado em 2012, enquanto a direção ficou por conta de Burr Steers (A Morte e Vida de Charlie – 2010) que soube trabalhar bem luz e sombras, dando assim o tom sombrio e sobrenatural necessário para a história.

O filme ainda tem no elenco Jack Huston (Ben-Hur – 2016), como George Wickham, Bella Heathcote (Sombras da Noite – 2012) como Jane Bennet, Douglas Booth (Noé – 2014) como Mr. Bingley, Matt Smith (Doctor Who – 2010) como Mr. Collins, primo dos Bennet, Charles Dance (Anjos da Noite – O Despertar – 2012) como Mr. BennetLena Headey (a Cersei Lannister de  Game of Thrones – 2011) como a tia de Darcy, Lady Catherine de Bourgh.

Se vale a pena ir ao cinema assistir? Na minha opinião, sim vale e pode ser bem divertido! E pelo o que eu vi temos a possibilidade de ter uma continuação vindo por aí. O trailer vocês podem conferir abaixo, embalado pelo som rock in roll de We Born to Wild.

Gênero: Comédia, Terror
Duração: 108 min.
Distribuidora: Sony Pictures

[yasr_overall_rating size=”medium”]