Porque eu penso que você deveria assistir 10 Coisas Que Eu Odeio Em Você?


xx

Partindo do pressuposto que o lançamento de hoje, um dia se tornará um clássico, decidi começar por um clássico da minha adolescência e de provavelmente muitos que possam estar lendo este texto agora.

Inspirado na obra do mais famoso escritor Inglês, William Shakespeare, A Megera Domada, foi adaptada para o típico cenário dos filmes adolescentes Norte Americanos, a escola.

O casal formado pelos talentosos Heath Ledger (Batman – O Cavaleiro das Trevas / O Patriota) e Júlia Stiles (Louco Por Você / A Identidade Bourne) conseguiu divertir e encantar quem assistiu.

Toda àquela tensão a cada encontro e o sarcasmo presente em cada frase dos diálogos dos dois eram simplesmente demais.

Eu particularmente adoro esse perfil, e pensando agora posso dizer que meu gosto por personagens com essa característica em sua personalidade começou a se formar com eles.

O que tornava tudo ainda melhor quando eles agiam de forma fofa um com o outro.

O filme foi lançado em março de 1999, completando 16 anos agora, pode ser considerado um “adolescente” e que mesmo daqui a 50 anos ainda conseguirá ser atual e demonstrar com seu enredo os dramas e conflitos pelos quais a maioria dos jovens passa um dia…

A aproximação e criação de novos laços de amizade e confiança, a descoberta de novos sentimentos como carinho, amor, paixão, inveja, ciúmes e orgulho.

O filme também conta com Joseph Gordon-Levitt (500 Dias Com Ela / Batman – O Cavaleiro Das Trevas), que não sei por que, mas para mim de alguma forma lembra o Heath.

E se o que eu disse até aqui já te despertou o interesse pelo filme, caso você ainda não o tenha assistido, vou dizer uma coisa que vai te conquistar de vez…

A cena do Heath Ledger cantando Can’t Take My Eyes Off You, é simplesmente adorável, principalmente o sorrisinho superfofo dele na frase “Trust in me when I say (Acredite em mim quando eu digo)”; para as mulheres se derreterem e os homens aprenderem.

 

E por fim, deixo aqui também o poema que a Kat lê para a turma.

Odeio o modo como fala comigo
E como corta o cabelo
Odeio como dirigi o meu carro
E odeio seu desmazelo
Odeio suas enormes botas de combate
E como consegue ler minha mente
Eu odeio tanto isso em você
Que até me sinto doente
Odeio como está sempre certo
E odeio quando você mente
Odeio quando me faz rir muito
Ainda mais quando me faz chorar…
Odeio quando não está por perto
E o fato de não me ligar
Mas eu odeio principalmente
Não conseguir te odiar
Nem um pouco
Nem mesmo por um segundo
Nem mesmo só por te odiar.

Confira o Trailer do filme:

 

E pra quem curtiu o filme, deixe seu comentário contando qual a melhor cena na sua opinião, como vocês puderam perceber, a minha é sem sombra de dúvidas a do Heath cantando.

E fique conectado que o Cinema Sim! tem muito mais pra você!