Presságios de um crime | Crítica


Depois de uma serie de assassinatos sem que haja pistas da autoria, os agentes do FBI Joe Merriwether (Jeffrey Dean Morgan) e Katherine Cowles (Abbie Cornish), buscam ajuda do Doutor John Clancy (Anthony Hopkins) um poderoso vidente que vive recluso após a morte de sua filha. Aos pouco Doutor Jhon ajuda os investigadores a entender o assassino interpretado por (Colin Farrell), até descobrir que ele também é um vidente e  muito mais poderoso.

agios2

No roteiro de Peter Morgan a história vai se tornando mais complexa a medida que vamos descobrindo sobre a conexão entre os assassinatos, e isso mantem o suspense e o nosso interesse por mais respostas. Quando finalmente temos as respostas, somos surpreendidos por uma questão filosófica bem interessante, um conflito que mexe com qualquer ser humano. A partir desse momento por mais que não concordemos com o assassino, entendemos a sua lógica e todo efeito que isso causa em Jhon.

solace_3

A direção é do brasileiro Afonso Poyart que consegue criar um ambiente de suspense, usando flashbacks e flashforward para explicar as ações ou antecipar possíveis acontecimentos, esse recurso é bem utilizado e em alguns momentos surpreende.  É uma direção competente que auxilia a contar uma boa história.

Quanto a atuação de Anthony Hopkins está impecável como um vidente, sínico e com um senso de humor peculiar, que sabe demais sobre todos que o cerca, mas se assusta com o poder do rival. Jeffrey Dean Morgan funciona bem como o amigo que traz Jhon de volta ao ambiente investigativo, e em certo momento do filme há um acontecimento ligado a ele que impacta fortemente a história. Abbie Cornish faz inicialmente a cética que após provas irrefutáveis passa a acreditar em Jhon, criando uma relação quase de filha e pai. Colin Farrell é um assassino que sabe muito bem o que deve fazer e está sempre um passo a frente de todos, suas motivações fazem sentido e a relação entre ele e Jhon é interessante, mais de admiração que rivalidade.

solace_8

Presságios de um crime é um filme regular. Vale a pena ser assistido pela história bem desenvolvida e as boas atuações. É uma estreia promissora de mais um diretor brasileiro no cinema estadunidense.

Elenco: Jeffrey Dean Morgan – Agente Joe Merriweather, Colin Farrell, Anthony Hopkins – John Clancy, Abbie Cornish – Agente Katherine Cowles, Marley Shelton, Janine Turner – Elizabeth Clancy, Xander Berkeley
Kenny Johnson – David Raymond, Matt Gerald – Sloman, Jose Pablo Cantillo – Sawyer, Joshua Close – Linus Harp
Sharon Lawrence.

Direção: Afonso Poyart
Gênero: Suspense
Duração: 101 min.
Distribuidora: Diamond Films
Orçamento: US$ 20 milhões
Estreia: 25 de Fevereiro de 2016

[yasr_overall_rating size=”medium”]