Produtora estende paralisação na produção de House of Cards


Em uma carta dirigida ao elenco e equipe de House of Cards, a empresa Media Rights Capital anunciou que está estendendo a pausa na produção da sexta temporada. A pausa se deu ao escândalo e avalanche de denúncias de abuso e assédio sexual contra o ator Kevin Spacey, protagonista do drama político.

Com investigações correndo em vários locais, a produção terá nova atualização dia 8 de dezembro, segundo a carta. A carta foi assinada por Pauline Micelli, vice-presidente da empresa, que produz o show.

“esses últimos dois meses testaram todos nós de maneiras que não poderíamos prever. O maior aprendizado desse processo é que essa produção é maior que apenas uma pessoa”, disse, claramente se referindo a Spacey.

Em seguida ela faz referência ao fato de que os membros da equipe que estão em pausa serão pagos pela extensão na paralisação, de acordo com regras de cada sindicato.

Aos 58 anos, o protagonista de House of Cards também foi acusado pelos próprios funcionários da série de assédio e tentativa de abuso.

ALERTA DE SPOILER

É provável que a sexta temporada da série, que estava em produção, seja mantida em espera para que o roteiro seja reescrito, retirando o personagem Frank Underwood de cena. No final da quinta temporada, Frank foi traído pela esposa, Claire (Robin Wright), que avisou aos espectadores que era sua vez de dar as cartas. E como se a vida real andasse de mãos dadas com a ficção, ela pode mesmo assumir o comando completo da história.