Resident Evil | Crítica


‘Resident Evil: Capítulo Final’ é o culminar da série Resident Evil, que começou em 2002 e com este novo, soma entregues seis filmes. Devemos felicitar a intenção do diretor/escritor Paul W. S. Anderson por “criar” a galinha dos ovos de ouro, no que respeita à série de adaptações de maior bilheteria de jogos da história, apesar de nenhum dos filmes ter a aprovação superior a 30% no Rotten Tomatoes.

Resident-Evil

Mais uma vez assim como nos demais filmes, Alice (Milla Jovovich) acorda sozinha e confusa no meio do nada, anda matando zumbis e, eventualmente, se junta a um grupo de sobreviventes com quem empreende uma missão. Desta vez pretende encontrar um antivírus que se espalha rapidamente pelo ar, para acabar com a pandemia zumbi uma vez por todas.

Alice tem um limite de 48 horas para largar o antivírus porque “dentro de 48 horas o último assentamento humano vai cair”. Uma desculpa para apressar o enredo.

hfghf

Há uma espécie de teatralidade adolescente em todas as decisões que os personagens tomam. A maioria de seus problemas poderiam ser resolvidos rapidamente e eficazmente se eles não tomasse a decisão mais estúpida em primeiro lugar.

082415.jpg-r_1280_720-f_jpg-q_x-xxyxx

Dessa vez as cenas noturnas predominam, dificultando muitas vezes o entendimento nas ações, assim fica difícil de determinar quem é quem no meio de uma luta, ou de observar detalhes das criaturas zumbis.

Mas entre erros de continuidade e momentos que menosprezam a nossa capacidade de dedução, Resident Evil surge com um layout apocalíptico impressionante, é justo dizer que seu design fotográfico melhorou e as locações virtuais estão muito convincentes.

078196.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx

O filme em si não tem muitas cenas de ação. A personagem apenas levar um ritmo de corrida mais ou menos consistente.

Um dos pontos positivos que o longa oferece, é algo que nenhum outro fez, que é dar a protagonista, finalmente, uma explicação a sua origem e razão de ser. Há uma tentativa consciente para definir a protagonista a terminar um caminho em vez de apenas mata-la.

resident-evil-capitulo-final-filme-1000x600

No final das contas, Resident Evil retorna ensaiando mais proximidade com o game que lhe inspira, encerra um ciclo e nos 45 segundos do segundo tempo, parece desistir de partir para sempre, é o que parece!

Data de lançamento 26 de janeiro de 2017 (1h 47min)
Direção: Paul W.S. Anderson
Elenco: Milla Jovovich, Ali Larter, Iain Glen mais
Gêneros Ação, Terror
Nacionalidades Eua, Alemanha, Austrália, Canadá, França

[yasr_overall_rating size=”medium”]