The Dark Crystal | Os fãs não pensarão em como tudo termina ao assistir a série da Netflix


Quando The Dark Crystal da Netflix estrear em 30 de agosto, levará os espectadores para uma história bem antes da obra-prima de Jim Henson. Isso significa que, como seria de se esperar com um prequel, alguns espectadores sintonizados já saberão como a história termina. Isso cria uma perspectiva desafiadora, mas de acordo com a CEO da Jim Henson Company, Lisa Henson, os fãs não vão necessariamente pensar sobre o final enquanto assistem ao prequel.

Em publicação do ComicBook, Henson disse que não podemos ignorar o passado de uma história porque conhecemos o presente e comparamos isso com nossas próprias histórias e futuros.

Netflix tem planos para serie com temática Japão feudal com um toque de Game Of Thrones

“O que vai acontecer conosco daqui a alguns séculos? Não sabemos”, disse Henson. “Nós apenas temos que viver nossas vidas diárias e vencer a batalha diária. Achamos que esta é uma história realmente esperançosa e inspiradora sobre heróis que, quando confrontados com uma ameaça realmente assustadora e misteriosa…, conseguem se unir e lutar como uma equipe.”

Para aqueles que não estão familiarizados, The Dark Crystal é um filme de fantasia de 1982. Amplamente considerado como uma obra-prima, especialmente quando se trata de seu uso de marionetes, o filme apresenta apenas personagens animatrônicos e conta a história do mundo agonizante de Thra e seus habitantes. 

Esta série prequel de Dark Crystal seguirá as aventuras de três jovens Gelfling – Rian, Brea e Deet – enquanto eles viajam juntos para descobrir o segredo por trás da ascensão ao poder de Skeksis. O diretor de cinema Louis Leterrier está trazendo a série de 10 episódios para a Netflix.

Confira o Trailer:

Julho na Netflix: confira as novidades