Top 10 cantores que viraram atores


A história cinematográfica inclui grandes atores, mas também surpresas agradáveis do mundo musical, que deixam de lado temporariamente suas músicas para tentar a sua sorte na frente das câmeras. Alguns passaram despercebidos, mas outros fizeram obras memoráveis que ainda são lembradas até hoje. Nós convidamos você a lembrar -los em nossa contagem com os melhores cantores que viraram atores.

Adam Levine (Mesmo Se Nada Der Certo)

O Maroon 5 é uma grande banda de sucesso no mundo da música nós já sabemos, mas o que poucos sabem, é que seu vocalista tem uma filmografia ainda limitada, mas variada com títulos como American Horror Story: Asylum, e o filme ‘Mesmo Se Nada Der Certo’. O próprio Levine declarou sua predileção musical inúmeras vezes, mas todos nós sabemos que é apenas uma questão de tempo para o seu foguete da carreira de ator decolar.

Rihanna (Valerian)

Rihanna começou sua carreira musical em 2003, após o produtor Evan Rogers a descobrir num grupo não identificado. No ano seguinte, gravou uma demo solo para finalmente estrear em 2005, quase imediatamente estreou naa indústria cinematográfica com algumas colaborações musicais, mas sua estréia como atriz veio em 2012 com a estréia de Battleship: Batalha Naval, onde desempenhou a especialista em armas Cora Raikes. A atriz continuou com algumas participações especiais em ‘É o fim’ e ‘Annie’. A consolidação veio em 2017, com sua incorporação controversa na série Bates Motel e convite para um papel em Valerian e da cidade dos mil planetas. Mas a história está apenas começando, pois Rihanna já está trabalhando ‘Ocean’s Eight‘ ao lado lendas como Sandra Bullock, Cate Blanchett e Helena Bonham Carter, entre outras.

Harry Styles (Dunkirk)

Harry Styles foi objecto de controvérsia quando anunciou seu desejo de começar uma carreira de ator, mas silenciou seus detratores quase imediatamente, quando Christopher Nolan escolheu-o como parte de Dunkirk. Agora, o futuro parece mais brilhante do que nunca, na medida em que muitos especulam que sua próxima apresentação será produzida pela Disney. Fontes de dentro do estúdio dizem que o jovem cantor estava entre os candidatos para estrelar a antologia de Han Solo e que “existem negociações para tê-lo em outros projetos.” As opções são infinitas, eles incluem Star Wars, Marvel ou adaptações de ação para os contos de fadas.

Michael Jackson (Moonwalker)

O Rei do Pop sempre expressou sua paixão pela música, mas nunca foi realmente confortável diante das câmeras de Hollywood. A melhor prova disso são as suas performances raras em mais de 40 anos de carreira artística.  A estréia veio em 1978 com seu retrato do Espantalho em ‘O Mágico Inesquecível’, a sua despedida aconteceu apenas dez anos depois com seu inesquecível Moonwalker. Realmente foi uma despedida? Sim, mas isso não impediu algumas surpresas como sua participação em MIB II que consistiu em uma cena engraçada onde ele zomba de si mesmo. E fazemos uma menção especial para This Is It, o documentário póstumo explorando os ensaios para a turnê de mesmo nome e que foi cancelado após a sua morte em 2009.

Whitney Houston (A escolta)

Conhecida simplesmente como “a voz” pela qualidade vocal, Whitney Houston é uma das artistas mais reconhecidas de todos os tempos, ganhou mais de 450 prêmios e é a mais vendida cantora em todo o mundo. Seu sucesso não poderia parar por aqui, porque ninguém pode esquecer a sua primeira e mais importante ação em O Guarda-Costas. O co-estrelado filme com Kevin Costner se tornou um símbolo do anos noventa, enquanto a trilha sonora foi uma das mais bem sucedidas em toda a história. Sua carreira continuou com filmes modestos que tiveram resultados meramente aceitáveis e impediu a sua consolidação como uma verdadeira estrela de Hollywood.

Madonna (Evita)

Embora Madonna sempre tenha concentrado seus esforços profissionais na música, seu status de rainha do pop tem permitido alguns caprichos a parte. cantora aproveitou o sucesso em 1984 com ‘Like a Virgin’ para estrear como atriz no ano seguinte com três filmes: Certain Sacrifice, Vision Quest e Desperately Seeking Susan. As aventuras em Hollywood continuaram calorosamente por 80, mas 90 marcou a sua consolidação com filmes como Dick Tracy. O destaque veio em 1997 com Evita, que lhe rendeu sua primeira indicação ao Globo de Ouro na categoria de Melhor Atriz em Musical ou Comédia.

Elvis Presley (Jailhouse Rock)

O Rei do Rock deixou corações partidos depois de seus musicais, mas também haviam aqueles que gostavam de vê-lo na tela grande. Com sua morte precoce aos 42 anos, ele deixou um legado de mais de 30 filmes, um numero não insignificante para uma figura conhecida no mundo inteiro como um cantor. Sua série de vitórias no cinema foi interrompida quando ele foi chamado para as forças armadas, mas continuou em seu retorno em 1960.

David Bowie (Labirinto – A magia do tempo)

Seu sucesso não se limitou somente à música, ele também participou de outras artes como a literatura, teatro e cinema. Bowie tinha estudado teatro e mímica muito antes de se tornar um músico famoso. Seu mais conhecido filme é ‘Labirinto – A magia do tempo’, onde fez o Goblin King, mas ele também é lembrado por outros trabalhos. Destaque para Twin Peaks e O Grande Truque.

Cher (Minha Mãe é uma Sereia)

Cher começou sua trajetória ascendente desde o início dos anos 60, e embora ter tido uma incursão rápida pela tv, o seu primeiro grande sucesso chegou a 1983 com Silkwood Mike Nichols, onde ela co-estrelou com Meryl Streep e Kurt Russell. Após este vieram mais realizações, que inclusive lhe renderam um Oscar de Melhor Atriz. Sem dúvida, Cher é uma das poucas artistas que se deu bem cada um dos ramos onde ela decidiu se aventurar, observando que também tem sido capaz de sobreviver por mais de 50 anos no auge.

Frank Sinatra (Onze Homens e Um segredo)

Os hits de Frank Sinatra foram tão impressionantes, que as vezes nos esquecemos de sua passagem por mais de 60 produções cinematográficas. Suas performances mais famosas são From Here to Eternity, O Homem do Braço de Ouro e Meus dois carinhos: no primeiro ganhou um Oscar e um Globo de Ouro de Melhor Ator Coadjuvante; no segundo representa a sua primeira indicação ao Oscar de Melhor Ator; o terceiro, finalmente, lhe rendeu uma indicação ao Globo de Ouro de Melhor Ator em um musical ou comédia. Mas a influência de Sinatra foi além do reconhecimento e lhe rendeu ótimos papeis em outros filmes de muito sucesso.