Top 10 melhores séries canceladas


10.Chuck

Chuck

Primeiro episódio: 24 de setembro de 2007
Episódio final: 27 de janeiro de 2012
Tema musical: Short Skirt/Long Jacket
Número De Temporadas: 5
Emissora original: National Broadcasting Company
Chuck foi um seriado cativante, daqueles que parecem até meio bobos, mas que gostamos de acompanhar. Contava a história de Chuck Bartowski, um rapaz inteligente mas com pouca ambição que trabalhava em uma loja de eletrônicos e teve “instalada” em seu cérebro toda a base de dados da NSA e da CIA, se tornando, assim, útil para as agências, sendo consultado na busca por criminosos.
9.Pushing Daiseres
pushing-daisies22_a4b2
Primeiro episódio: 3 de outubro de 2007
Episódio final: 13 de junho de 2009
Número De Episódios: 22
Número De Temporadas: 2
Autor: Bryan Fuller
A série apresentava uma mistura maluca de comédia, drama, romance, policial e até musical. A razão disso talvez seja o fato de que a apresentação da série era chamativa demais para alguns, que acabaram não dando uma chance para conhecer a peculiar história de Ned e Chuck – difícil esquecer a cena do primeiro beijo do casal.
8.FireFly
Firefly-Elenco
Primeiro episódio: 20 de setembro de 2002
Episódio final: 20 de dezembro de 2002
Tema musical: The Ballad of Serenity
Número De Temporadas: 1
Número De Episódios: 14

Uma única temporada foi suficiente para colocar Firefly na lista das melhores séries de ficção científica. Criada por Joss Whedon, o mesmo cara por trás e Buffy, a Caça-Vampiros e o primeiro filme dos Vingadores, a série é absurdamente surpreendente. Mesmo quando cancelada, suas vendas no formato DVD foram um sucesso — e seus fãs continuam fiéis até agora. Então por que foi cancelada? Bom, segundo Whedon, o seriado não recebeu o tratamento que merecia pela FOX, o que acabou refletindo em sua baixa audiência. O universo que nos foi apresentado em Firefly é inesquecível e foi embora muito, muito cedo.

7.The 4400

the44002

Primeiro episódio: 11 de julho de 2004
Episódio final: 16 de setembro de 2007
Tema musical: A Place in Time
Número De Temporadas: 4
Número De Episódios: 44

Uma das melhores séries de ficção científica da televisão, The 4400 foi cancelada e deixou no ar uma intrigante história sem conclusão – ok, a série ganhou dois livros, mas sabemos que não é a mesma coisa. O caso de The 4400 foi a queda de qualidade e audiência. Enquanto as três primeiras temporadas são recheadas de histórias inteligentes e empolgantes, o roteiro do quarto ano é confuso e cansativo. Mesmo assim, este foi um seriado em que ter super-poderes não era sinônimo obrigatório de super-herói. Sem contar que química e o carisma entre os protagonistas Tom Baldwin e Diana Skouris fazem falta — assim como o desejo de vê-los juntos pelo menos uma vez.

6.Penny Dreadful

cinemasimPenny Dreadful 12

Primeiro episódio: 11 de maio de 2014
Número De Temporadas: 3
Produtor Executivo / Produtora Executiva: John Logan, Sam Mendes
Emissoras originais: Showtime, Sky
A série entrelaça as origens de vários personagens famosos da literatura de terror como o Dr. Victor Frankenstein (do romance Frankenstein, de Mary Shelley), Van Helsing e a figura do vampiro (personagens presentes em Drácula, de Bram Stoker) e Dorian Gray (da obra O Retrato de Dorian Gray, de Oscar Wilde), além de trazer também lendas urbanas (Jack o Estripador) e seres místicos (lobisomens e bruxas) que, juntos, espalham sua monstruosa alienação pela Londres vitoriana.
TOPFIVE111
5.Hannibal
236780
Primeiro episódio: 4 de abril de 2013
Episódio final: 29 de agosto de 2015
Número De Temporadas: 3
Emissora original: National Broadcasting Company
Will Graham (Hugh Dancy) é um talentoso fornecedor de perfis criminosos que está em busca de um serial killer, com a ajuda do FBI. A forma única de Graham pensar dá a ele a habilidade de ter empatia com qualquer um – até mesmo psicopatas. Ele parece saber o que os afeta.
Entretanto, a mente do homem procurado é muito complicada, até mesmo para Graham, portanto, ele busca pela ajuda do Dr Hannibal Lecter (Mads Mikkelsen) – um dos maiores psiquiatras do país. Armado com o conhecimento do brilhante doutor, Will e Hannibal formam uma parceria excelente, da qual nenhum criminoso escapa.
4.Helix
565179
Primeiro episódio: janeiro de 2014
Episódio final: 10 de abril de 2015
Emissora original: Syfy
Número De Temporadas: 2
Número De Episódios: 26
Essa série de suspense produzida por Ronald Moore (Battlestar Galactica e Caprica) conta a história de um grupo de cientistas do Centro de Controle de Epidemias que corre contra o tempo para descobrir a cura de uma doença que se espalha muito rapidamente entre pesquisadores no Ártico.
3.Alcatraz
alcatraz-min-678x320
Primeiro episódio: 16 de janeiro de 2012
Episódio final: 26 de março de 2012
Número De Temporadas: 1
Emissora original: Fox Broadcasting Company
Autores: Elizabeth Sarnoff, Bryan Wynbrandt, Steven Lilien
a série tem seu foco na ilha-prisão de Alcatraz, que foi fechada em 1963, devido ao seu alto custo de manutenção e às suas péssimas condições de segurança aos prisioneiros e guardas. Contudo, ambos prisioneiros e guardas desapareceram em 1963 e estão reaparecendo no tempo moderno atual e estão sendo rastreados por uma agência governamental. A série é estrelada por Sarah Jones, Jorge Garcia e Sam Neill. A série foi cancelada em 9 de maio de 2012.
2.Star Trek
20151102145700_660_420
Primeiro episódio: 8 de setembro de 1966
Episódio final: 3 de junho de 1969
Tema musical: Theme from Star Trek
Número De Temporadas: 3
Número De Episódios: 79
Apesar de seu título ser Star Trek, aquiriu o retrônimo de Star Trek: The Original Series para se diferenciar de suas sequências e do universo ficcional criado. Ela se passa no século XXIII. A série segue as aventuras da tripulação da nave estelar USS Enterprise, comandada pelo Capitão James T. Kirk, o Primeiro Oficial Comandante Spock e o Oficial Médico Chefe Leonard McCoy. O monólogo de introdução narrado por William Shatner em cada episódio estabelece o propósito da nave: a fronteira final. Estas são as viagens da nave estelar Enterprise. Em sua missão de cinco anos… para explorar novos mundos… para pesquisar novas vidas… novas civilizações… audaciosamente indo onde nenhum homem jamais esteve.
Quando Star Trek estreou na NBC em 1966 não foi um sucesso. Inicialmente, seus Nielsen Ratings foram baixos. Antes do final da primeira temporada, alguns executivos da NBC queriam cancelar o programa devido aos seus indíces baixos de audiência.
1.Constantine
016695
Primeiro episódio: 24 de outubro de 2014
Episódio final: 13 de fevereiro de 2015
Número De Temporadas: 1
Número De Episódios: 13
Emissora original: National Broadcasting Company

John Constantine (Matt Ryan) é um ocultista, e luta com sua fé e seu conhecimento feroz sobre magia negra contra os fantasmas do passado que o perseguem. Quando seu potencial é descoberto, ele de repente se vê preso ao papel de defender a humanidade das forças do mal. E ao lado de John, seu amigo Chas, a vidente Zed e o anjo Manny.

Por que não deveria ter sido cancelada?
Essa série deu o que falar desde a pré-produção até a sua estreia. Os riscos eram altos, o canal não mostrou segurança com o produto ao qual tinha em mãos e os fãs de Hellblazer estavam temerosos com o que a produção estava reservando para o sucesso da DC. Após um filme bom, mas não tão aclamado pelo público, a NBC arriscou em trazer Constantine no formato série, seguindo o modelo ‘caso da semana’, a série não caiu nas graças do público, todavia Matt Ryan conquistou arrebatadoramente os fãs com a sua interpretação impecável de John Constantine. No mais, a série não trouxe nada novo para a abordagem sobrenatural. O elenco era bom, mas um pouco sem sal e Matt carregava a série. Quando o cancelamento chegou, muitos não mostraram surpresa, entretanto rolou petições pela web. Recentemente, Matt retornou ao sobretudo de Constantine e participou da série Arrow do canal The CW. O canal está trabalhando com várias produções da DC e correm boatos que Constantine pode sim, ser a próxima franquia a ser explorada. Entretanto também rola comentários dele ser levado para as telonas novamente. Se Matt continuará no papel? Não sei, só sei que a série era boa, capengava aqui e ali, mas era uma questão de estruturar e encontrar a sua identidade.