Travessia | Crítica


A relação entre pais e filhos por muitas vezes são complicadas, seja pelos diferentes traços de personalidade, seja pela projeção nos filhos daquilo que não se pôde realizar e/ou ainda por ações impensadas que geram conflito e afastamento. E é um misto de tudo isso que podemos acompanhar no drama “Travessia”, do diretor baiano João Gabriel, estrelado por Chico Diaz e Caio Castro. O diretor e roteirista explora a fragilidade das relações humanas, não somente através do problemático distanciamento dos protagonistas após perderem a esposa/mãe, como também das interações deles com aqueles que os cercam.

Embora se saiba que provavelmente eles já tinham muitos conflitos antes disso, o passado não é revelado, o filme foca nas ações do presente, um pai tentando se reaproximar, um filho magoado, inconformado, ambos fazendo escolhas que os levam a mais e mais complicações.

É interessante a opção por não colocá-los em confrontos físicos, os diálogos entre os dois se dão através de ligações e mensagens, deixando tudo ainda mais denso, aumentando o clima pesado que ultrapassa a tela e recai sobre o espectador. As atuações de Caio e Chico são marcantes, eles conseguem imprimir angustia, incerteza, receio, raiva e outros tantos sentimentos e sensações. A de Chico ainda com mais destaque, ele representa um homem que parece carregar o peso do mundo nos ombros, dono de uma aparência abatida e descuidada, de alguém que já errou muito, porém ao que tudo indica permanece optando pelas mesmas escolhas inadequadas.

A trilha sonora mescla eletrônico e música nordestina, expondo as diferentes personalidades de cada personagem, direção de arte e fotografia optando por cores mais primarias, com uma tonalidade mais escurecida e fria – é como se houvesse sempre uma sombra pairando sobre todos, ainda que nas tomadas externas e com a luz do dia – e utilizando muitos planos próximos para evidenciar detalhadamente as reações dessas criaturas vivendo seus dramas tão reais e humanos, comuns a muitos outros que se encontram resguardados atrás das janelas de tantos apartamentos de várias famílias, em muitas cidades. Sem dúvida trata-se de uma obra com muitos acertos, apresentando a vida como ela é, muitas vezes crua , dolorosa, incontrolável e imprevisível.

Título Original: Travessia

Lançamento: 23 de março

Direção: João Gabriel

Roteiro: João Gabriel, Paulo Tiago dos Santos e Maria Carolina

Elenco: Chico Diaz, Caio Castro, Camilla Camargo, Caco Monteiro, Cyria Coentro, Amaurih Oliveira

Gênero: Drama

Nacionalidade: Brasil

[yasr_overall_rating size=”medium”]