Watchmen | Roteirista de Batman afirma e garente ligações com a clássica HQ


Quando a iniciativa Rebirth da DC foi anunciada, muitos fãs se revoltaram com a inclusão de Watchmen na cronologia principal. Mas essa ideia está dando frutos para a DC, já que as vendas estão altíssimas. Apesar dessa suposta inclusão, poucas pistas dos personagens clássicos de Watchmen foram mostradas.

dcrebirth1c

Mas o atual roteirista do Batman, Tom King, garantiu que a partir de Batman #9 mais elementos de Watchmen estarão presentes nas histórias. Ainda segundo o autor, Rebirth é um plano a longo prazo da DC, que deve durar pelo menos dois anos. Por fim, King afirma que muitas coisas estão acontecendo em segundo plano nas histórias.

Rebirth é atual fase editorial da DC, que busca resgatar os elementos clássicos dos personagens da editora antes dos acontecimentos dos Novos 52.

A iniciativa editorial Rebirth continua mostrando força e, pelo terceiro mês consecutivo, a DC Comics liderou as vendas de quadrinhos nos Estados Unidos. O impacto da novidade foi grande, trazendo bons resultados para a editora.

batman06rebirth

Desde que Rebirth começou, lidera tanto no número de edições vendidas quanto em valor arrecadado. O segundo item é ainda mais significativo, uma vez que as revistas da editora abaixaram de preço, custando US$ 2.99. As das concorrentes, como a Marvel, são vendidas por US$ 3.99.

Isso quer dizer que, para liderar em valores arrecadados, o volume de revistas vendidas precisa ser ainda maior em comparação com as demais editoras.

A Marvel foi a editora que mais publicou revistas em setembro: 122 no total. A DC vem logo depois, com 112.

No total, 38 títulos da DC venderam mais de 50 mil cópias, um crescimento substancial, se comparado ao mês de setembro de 2015, quando apenas seis atingiram essa marca. Também é superior a setembro de 2011, na estreia dos Novos 52, quando 27 revistas ultrapassaram essa marca.